Entendam

Deus não esta em templos, muros, placas, não! Ele esta dentro de você, NÃO somos pecadores desde que nascemos, isso é uma mentira, somos seres divinos e mágicos e temos essa essência masculina e feminina da fonte criadora dentro de cada um, não esta nas mãos de extraterrestres salvar o mundo, esta nas mãos dos seres que aqui habitam, o que eles podem fazer é auxiliar no processo, mas não virão aqui nos tomar pelas mãos como se fossemos bebês e nos DAR um planeta novinho em folha para destruirmos NOVAMENTE, ou aprendemos a tratar bem do nosso, ou seremos expulsos pela própria Terra.
Parem de buscar Deus em coisas materiais, se você não aprender a se respeitar, se amar, não vai encontrar Deus, vai se iludir, vai chorar, entrar em depressão e o pior não vai entender que a mudança começa de dentro para fora e que viver é um presente não um pecado ou castigo.
Como diria um anjo: "O amor é o sábio que nos guia" e como diria Gandhi " Não busque o caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho."

Grande abraço a todos e Bem Vindos ao Life's Changing
Welcome - Bienvenido
Pri

DICA: ACESSEM AS ABAS "ARQUIVOS DO BLOG", TAMBÉM OS "MARCADORES" QUE ESTÃO EMBAIXO DO FIM DAS POSTAGENS OU "POSTAGENS POPULARES". TEM MUITA COISA SENDO POSTADA E QUE FICA PARA TRÁS SE VOCÊ NÃO SOUBER ONDE PROCURAR.
Bons estudos
Pri

Siga-nos por e-mail, a cada post novo, você recebe um e-mail

POSTS RECENTES

2 de abril de 2016

Como Funcionam os 28 Bancos que Dominam a Economia Global





O colapso financeiro de 2008 e a grande recessão global mudou pouco e nada na cena do crime da economia mundial.
Quase oito anos de crise e em meio a uma estagnação global, o mundo ainda dominado por 28 grandes bancos internacionais (ver quais no final desta nota), chamado por alguns de seus críticos mais ferrenhos como " a hidra mundial ".
Estas entidades gerenciam grandes variáveis ​​econômicas globais, impõe condições para governos democráticos e em busca de lucros rápidos e estratosféricos, apostando em uma roleta cada vez mais vertiginosa que pode incendiar -se novamente a qualquer momento.


As grandes empresas continuam a dominar muitas das principais variáveis ​​da economia.
François Morin, autor do recentemente publicado " O mundo de Hydra - Banking oligopólio " é professor emérito de economia na Universidade de Toulouse e ex-membro do Conselho Geral do Banco da França.

"Os grandes bancos detinham os produtos tóxicos responsáveis ​​pela crise, mas em vez de reestruturar os bancos, os Estados acabaram assumindo suas funções e a dívida privada foi transformada em dívida pública , " diz Morin.
o pesquisador francês coloca o foco em cinco mecanismos que permitem essa hegemonia financeira, econômica e política ...

1. Os bens (imóveis, dinheiro, clientes, empréstimos, etc.)


Os 28 bancos detêm recursos superiores aos da mais elevada dívida pública de 200 Estados do planeta.
Enquanto estas entidades têm ativos de US $ 50.341 bilhões, a dívida pública global ascende a US $ 48.957 bilhões.
Outra maneira de dimensiona-la:
Existem centenas de milhares de bancos em todo o mundo, mas estas 28 empresas representam 90% dos ativos financeiros.




Neste cenário de hiper-concentração, a queda de um ou mais destes bancos têm um potencial devastador não só no setor financeiro, mas sobre a economia em geral.
É a base do argumento no centro dos debates pós 2008: o risco das instituições "grandes demais para falir" (tão grande que não pode ser autorizado ir à falência)



A queda do Lehman Brothers em 2008,
Marcou o início da crise econômica global. 


De acordo com Oscar Ugarteche, um economista da UNAM do México e autor de "A Grande Mutação", que estuda este novo sistema financeiro global, com este nível de concentração do poder financeiro há "todas as chances" de repetição de uma crise como a de 2007 -2008.
"Esses mercados cresceram com a liberalização financeira dos últimos 30 anos, o que permitiu-lhes deixar seu local de intermediário financeiro com a produção e consumo, ou seja, correia de transmissão para projetos produtivos e de compras , " disse ele à BBC.

"Ao participar de mercados especulativos de câmbio e taxas de juros para commodities e derivativos, com um crescimento explosivo do seu crédito para financiar essa expansão, atingiu 2008 , " acrescentou.
"A situação não mudou e hoje nós estamos vendo que muitos desses bancos estão com sérios problemas."

2. A Criação da Moeda


O sistema clássico de emissão monetária é a de uma Casa da Moeda que imprime as notas que necessitam de um Banco Central localizado no centro da cena financeira.
Mas hoje 90% do dinheiro é criado por estes 28 bancos: apenas 10% é a responsabilidade dos bancos centrais.
A passagem de dinheiro físico para o dinheiro de crédito está a mudar essa equação.

"Estamos fechando o círculo.

Inicialmente, houve bancos que fizeram operações de comércio externo e interno. Era o dinheiro-crédito. Mas não havia nenhum controle e centralização desta função , "disse Ugarteche.
"Isso só começa a acontecer com a criação de um banco central responsável pela emissão monetária. O primeiro é o da Inglaterra no século XVII. Mas, com a desregulamentação bancária dos 90 estão de volta ao começo.


"Os bancos emitem crédito e não há muito controle disso, "disse ele.
Se antes da expansão do dinheiro mantinha certa proporção ao nível de reservas monetárias de um país, hoje em dia esse limite perdeu relevância.
Neste contexto de flexibilização de crédito total, a consultora McKinsey estima que o total da dívida - ou seja, a soma da dívida pública, privada e individual - cresceu mais de US $ 57 bilhões nos últimos sete anos e hoje chega perto de US $ 200 bilhões, cerca de três vezes o PIB mundial.

3. Operação Mercado de câmbio

O mercado de câmbio é um dos maiores no mundo: US $ 6.000 milhões diários.
Cinco dos 28 bancos controlam 51% desse mercado.

"A taxa de câmbio é gerido dos Estados Unidos e no Reino Unido, ou seja, não só depende de variáveis ​​econômicas de um país , " disse Ugarteche.


"Basta que esses operadores vinculados aos bancos desses países, decidam que o valor de uma moeda não vale para o ataque especulativo através do MF (mercado de futuros) , " disse o especialista.
"Com aquisições ou vendas maciças arrastaram ao resto dos atores causando uma mudança na taxa de câmbio que não tem nada a ver com a saúde econômica de um país."

O caso brasileiro ilustra este fenômeno.

Em setembro de 2014 o Brasil tinha um nível elevado de reservas - o maior nível regional - que se revelou insuficiente para conter o ataque sobre a moeda.
O governo adotou uma série de medidas, como o aumento das taxas de juros para estimular a entrada de moeda estrangeira e evitar a fuga de capitais, mas estas medidas afogaram o crédito que precisava do aparato produtivo e conduziu à atual recessão profunda.

" Era uma crise induzida. E não é um caso isolado.

No México, o valor da moeda passou de 14 a 20, sem mediar um grande déficit fiscal, uma crise de balança de pagamentos inflacionaria, uma caída das reservas ou a atividade econômica , "disse Ugarteche.
 


4. Gerenciando taxas de juros

Com o seu potencial financeiro, essas 28 instituições têm uma gravitação fundamental sobre as taxas de juros.
Dado o nível estratosférico de circulação diária de ativos financeiros e de dívida, qualquer alteração na taxa de juros move automaticamente enormes quantias de dinheiro.
A pesquisa começou em 2012 nos Estados Unidos, Grã-Bretanha e a Comissão Europeia mostrou como este nível de concentração de bancos termina em manipulação de mercado.
Segundo a investigação, 11 dos 28,



  • Bank of America 
  • BNP-Paribas 
  • Barclays 
  • Citigroup 
  • Credit Suisse 
  • Deutsche Bank 
  • Goldman Sachs 
  • HSBC 
  • JP Morgan Chase
  • Royal Bank of Scotland 
  • UBS, 
... Eles se comportaram como "entidades ou grupos organizados" para manipular as taxas de juros Libor.
 
11 grandes bancos
taxa de juros Libor manipulada.

Libor lembra diariamente no mercado de Londres que determina a taxa à qual os bancos emprestam e tem um impacto direto sobre o mercado de derivativos, o que os consumidores e os produtores pagam por seus empréstimos.
"As coisas não mudaram. Um escândalo semelhante aconteceu recentemente com a Goldman Sachs, Morgan Stanley e JP Morgan no mercado de commodities , " disse Ugarteche.

5. Derivados

Metade dos 28 bancos produzem derivados de US $ 710.000 decorrente milhões, ou seja, o equivalente a dez vezes o produto interno bruto a nível mundial. 
Em seu livro "The Great Mutation" Ugarteche ilustra o funcionamento do mercado de derivados com o caso de um ativo financeiro modesto: uma vaca.

O que pode ser feito se quisermos converter a vaca em dinheiro?


Em outras épocas, se vendia em troca de uma certa quantia de dinheiro. 


 
Em 2008 desapareceram bilhões de dólares por causa de mecanismos econômicos fictícios.
Mas hoje pode-se vender o seu valor futuro.
Como não é um presente, mas sim uma futura transação, o valor é multiplicado muitas vezes.
Por exemplo:
  • Se vende o rendimento futuro provável do leite da vaca 
  • Vende-se os bezerros que a vaca irá parir 
  • Se vende o eventual leite destes prováveis bezerros ou o queijo e a manteiga que produzem. 
"A partir de uma vaca de verdade, se criou uma economia fictícia é construída usando várias transações financeiras. É um mundo de probabilidades.
O bezerro é um possível futuro, nada mais que isso. O mesmo é o rendimento de uma vaca. E se a vaca está doente? ", Disse Ugarteche.
Neste caso, as operações realizadas irão para um buraco negro. 
Assim, em 2008, desapareceram mais de US $ 200.000 milhões, algo que se arrastou na queda das seguradoras que supostamente garantiam todo esse fluxo de valor financeiro. 
Nada mudou ...

 


Os 28 maiores bancos



  1. JP Morgan Chase
  2. Bank of America 
  3. Citigroup 
  4. HSBC 
  5. Deutsche Bank 
  6. Groupe Crédit Agricole 
  7. BNP Paribas 
  8. Barclays PLC
  9. Mitsubishi Ufjfg 
  10. Bank of China 
  11. Royal Bank of Scotland 
  12. Morgan Stanley 
  13. Goldman Sachs 
  14. Mizuho FG 
  15. Santander 
  16. Societe Generale 
  17. ING Bank 
  18. BPCE 
  19. Wells Fargo 
  20. Sumitomo Mitsui FG 
  21. UBS 
  22. Grupo Unicredit 
  23. Credit Suisse 
  24. Nordea 
  25. BBVA 
  26. Standart Chartered 
  27. Bank of New York Mekon 
  28. State Street 

O saldo total desses bancos é de US $ 50.341.000 ...
Fontehttp://www.bibliotecapleyades.net/sociopolitica/sociopol_globalbanking504.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temas

2012 3ª Guerra Mundial A Biblia Kolbrin A flor da Vida A Máfia Médica ABDUÇÃO Abydos AEROPORTO DE DENVER AGUA Akakor a Cidade Perdida da Amazônia Albert Einstein Albert Pike Alex Collier ALIENÍGENAS DO PASSADO Aliens ALIMENTAÇÃO ALQUIMIA Andromedanos Aneis de Saturno Annunakis Anunnakis Arca da Aliança Arcontes Area 51 ARIANOS ARQUETIPOS ARQUIVO LACERTA Ashtar Sheran ASSUNTOS MUITO IMPORTANTES Atlântida AUDIO Ayahuasca BABILONIA Bancos BASE AÉREA DE MINOT Base de Dulce New Mexico BASES SUBMARINAS. OSNIS BASES SUBTERRÂNEAS BATALHA DE LOS ANGELES bíblia manipulada Biblias Manuscritos BIBLIOTECA DAS PLEYADES TRADUÇÕES BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA BIOCENTRISMO Bob Dean bob Lazar BOMBA ATÔMICA BORISKA BRUXARIA CAMUfLAGEM CAPADÓCIA - TURQUIA Capitalismo Carl Sagan CARLOS CASTANEDA Caso Barney e Bete Hill Castañeda CAVALEIROS TEMPLÁRIOS CHACKRA CARDÍACO CHACKRAS CHEMTRAILS China CIA Ciência Espiritual Civilizações antigas CODEX ALIMENTARIUS COMIDA SINTÉTICA Comissão Trilateral Como Manipular a massa Conde Dracula CONSCIÊNCIA CONSPIRAÇÃO DE ÓRION Contato com os Discos Voadores CONTROLE DA MENTE Corporações CRÂNIOS DE CRISTAL Crise CRISE HIDRICA Cristianismo mentiroso CROP CIRCLE Cuba DAVID ICKE DEMIURGO Depoimentos de ex militares DESERTO DE GOBI Deserto do Atacama DINO KRASPEDON PERIGO ATOMICO DÍVIDA PÚBLICA DMT DNA Documentarios Dom Juan Matus Don Juan EDGAR CAYCE Elenin Elites globais ENERGIA ELETROMAGNETICA Enki/Enlil EQM EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA Expêriencia filadelfia FastWalkers Filme Física Quântica fluoreto FOO FIGHTERS GAZA GENÉTICA GEOENGENHARIA GEOENGENHARIA SINTÉTICA GIGANTES GIORDANO BRUNO Glândula Pineal GMO Gnose Golfo do Aden Yemen Governo oculto Guerra HAARP HIPNOSE EM MASSA História Oculta Do 3° Reich Hitler Holocausto HOLOGRAFIA Homens de Preto HOPIS HUMANOS SINTETICOS IA INTELIGENCIA ARTIFICIAL II Guerra Mundial a VERDADEIRA HISTORIA III Guerra Mundial ILHA DE PASCOA ILLUMINTAIS ILUMINTAIS IMAGENS QUE MARCARAM INCONSCIENTE COLETIVO INDIGOS E CRISTAIS INTRATERRENOS Israelense e Palestinos jack carter Jeová louco JFK JIM MARS Jim Sparks John Lash JUNG Karl Marx KARMA KARRAN KGB KLAUS DONA KUNDALINI LEI DA GRAVIDADE LEMURIA LISTA COM OS LINKS. Livros Lua Maçonaria MAGIA Manuscrito do Mar Morto Manuscrito Voynich MAPA DE PIRI REIS Marxismo Mascaras de Chumbo Matrix - O Universo Holográfico Mc Donalds MEDICINA MEDITAÇÃO Mensagens MIB MIDIA MIMETISMO MISSÃO ANGLO SAXONICA Mistérios MJ 12 MONSANTO MONTAUK PROJECT MULTIDIMENSIONAL MUNDOS INTERNOS E EXTERNOS Músicas NANOTECNOLOGIA Nefilins NHC Nibiru Nicolas Flamel NIKOLA TESLA NOM NOVA ORDEM MUNDIAL NWO O ARQUIVO ÔMEGA O MAIOR SEGREDO livro O Priorado de Sião O SONHO AMERICANO Operação Clipe de Papel OPERAÇÃO MAJESTIC OPERAÇÃO PRATO OS GOVERNANTES INVISÍVEIS PAGANISMO IGREJA CATÓLICA PALESTINOS PALESTRAS Paper Clip Operation PARASITAS PEDRA FILOSOFAL PEDRAS DA GEÓRGIA Phil Shenneider PIRAMIDES PIRAMIDES AMAZÔNIA PIRAMIDES CHINESAS PIRAMIDES do EGITO PIRAMIDES SUBMERSAS NO JAPÃO pirataria POLITICA Portais Dimensionais PORTAL ORGÂNICO POVOS ANTIGOS Presidentes americanos maçons PROFECIAS PROFECIAS MAIAS Project Camelot Projeto Camelot PROJETO DUGA PSICOPATIA PSIQUIATRIA RAÇAS EXTRATERRESTRES Realidade Coletiva Rei Salomão RELATOS Religião REPTILIANOS RESETANDO BRAIN RESSONÂNCIA SHUMANN RODA DE SAMSARA Santo Graal Sergio Russo SHAMBALLA Shappershifter SIMBOLOS Sincronicidade Sionismo Sirianos B SKULL AND BONES Sociedades Secretas Stargates STONEHENGE Suastica TAOS HUM Terra oca TERRAÇO DE BAALBEK Textos Pri THRIVE - PROSPERAR Time Travel TORRES GWENN TRANS-HUMANISMO Tratado de Greata 1954 TV TV GLOBO HISTÓRIA SECRETA Ufos UNIVERSOS PARALELOS Vacinas VAMPIROS VEGETARIANISMO venenos Viagem no Tempo wikileaks Wingmakers Word Trade Center XAMANISMO Zecharia Sitchin ZEITGEIST Zumbi