Entendam

Deus não esta em templos, muros, placas, não! Ele esta dentro de você, NÃO somos pecadores desde que nascemos, isso é uma mentira, somos seres divinos e mágicos e temos essa essência masculina e feminina da fonte criadora dentro de cada um, não esta nas mãos de extraterrestres salvar o mundo, esta nas mãos dos seres que aqui habitam, o que eles podem fazer é auxiliar no processo, mas não virão aqui nos tomar pelas mãos como se fossemos bebês e nos DAR um planeta novinho em folha para destruirmos NOVAMENTE, ou aprendemos a tratar bem do nosso, ou seremos expulsos pela própria Terra.
Parem de buscar Deus em coisas materiais, se você não aprender a se respeitar, se amar, não vai encontrar Deus, vai se iludir, vai chorar, entrar em depressão e o pior não vai entender que a mudança começa de dentro para fora e que viver é um presente não um pecado ou castigo.
Como diria um anjo: "O amor é o sábio que nos guia" e como diria Gandhi " Não busque o caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho."

Grande abraço a todos e Bem Vindos ao Life's Changing
Welcome - Bienvenido
Pri

DICA: ACESSEM AS ABAS "ARQUIVOS DO BLOG", TAMBÉM OS "MARCADORES" QUE ESTÃO EMBAIXO DO FIM DAS POSTAGENS OU "POSTAGENS POPULARES". TEM MUITA COISA SENDO POSTADA E QUE FICA PARA TRÁS SE VOCÊ NÃO SOUBER ONDE PROCURAR.
Bons estudos
Pri

Siga-nos por e-mail, a cada post novo, você recebe um e-mail

POSTS RECENTES

13 de setembro de 2014

Não mencione os répteis - Trecho do Livro: O Maior Segredo - David Icke ( REPOSTAGEM ATENDENDO A PEDIDOS... )


Você está preparado para isto?
Eu preferiria não ter que apresentar as informações que se seguem porque elas complicam a estória e me expõe a enorme ridículo. Mas faça o que você preferir com elas. Se isto é onde as evidências me conduzem, é aonde eu irei todas as vezes.
Eu não acho que os Anunnaki das Tabuinhas Sumerianas e os marcianos brancos propostos no "scenario" (seqüência de eventos) de Brian Desborough são o mesmo povo, embora deva, claramente, haver uma conexão genética entre eles. Reunindo as enormes evidências, visões, pesquisa e opiniões, que eu tenho lido, ou escutado, quase que diariamente, nestes últimos anos, eu sinto que os Anunnaki são uma raça de uma sucessão genética reptiliana. Na pesquisa OVNI eles se tornaram conhecidos como Reptilianos. Não estou sozinho nesta visão. Eu pessoalmente tenho ficado estarrecido com a quantidade de pessoas que estão abertas a estas possibilidades atualmente e, de fato, estão chegando às mesmas conclusões através de suas próprias pesquisas. Estas pessoas incluem muitas que teriam escarnecido da mesma idéia não muito tempo atrás. Dr Arthur David Horn, um ex-professor de antropologia biológica da Universidade Estadual de Colorado em Fort Collins EUA, que outrora acreditou, enfaticamente, na versão Darwinista de evolução humana, o lento desenvolvimento das espécies humanas via o princípio da sobrevivência do mais apto. Simplesmente sobre o peso das evidências e sua própria experiência, ele agora está convencido que a humanidade foi inseminada por extraterrestres e que uma raça reptiliana tem controlado o planeta por milhares de anos e continua a fazer isso hoje. Esta é minha própria opinião, embora eu tenha tomado um caminho muito diferente para chegar à estas mesmas conclusões. As pesquisas do Dr Horn são detalhadas em seu excelente livro, Humanity‘s Extraterrestrial Origins (1) (Origens extraterrestres da humanidade) no qual ele sugere que os indivíduos que as Tabuinhas Sumerianas denominam os Anunnaki são esta raça réptil, um outro ponto com o qual eu concordo. O famoso astrofísico, Fred Hoyle, disse em uma conferência de imprensa em Londres em 1971, que o mundo era controlado por uma força que poderia se manifestar em muitas formas. "Eles estão em todos os lugares", ele disse à atônitos jornalistas, "no céu, no mar e sobre a Terra..." Ele disse que "eles" controlavam a humanidade através da mente. Eu sei que parece totalmente bizarro, mas você precisa ler por inteiro The Biggest Secret (O Maior
Segredo) para perceber a riqueza de evidências que apóiam isto. Se você desistir de ler agora, ou depois de alguns capítulos, porque seu sistema de crenças está em sobrecarga, a escolha é sua, mas você perderá a oportunidade de observar que o quase histericamente inacreditável é na realidade verdade.
Quanto mais eu entrelaço incríveis quantidades de informações, mais me parece que nós estamos falando de duas situações distintas correndo lado a lado. Havia outras raças extraterrestres por toda extensão da Terra, e ainda há, assim como a raça extraterrestre que os Sumerianos denominavam os Anunnaki e outros textos denominavam A Raça da Serpente. Poderia bem ter sido algumas das outras (raças) que guerrearam com estes reptilianos Anunnaki. Textos antigos registram estas "guerras dos deuses" em todo mundo e isto poderia incluir conflitos entre diferentes raças extraterrestres, assim como, aquelas descritas nas Tabuinhas Sumerianas que pareciam envolver facções Anunnaki lutando entre si. Hoje há muitos registros modernos de pessoas que sustentam ter visto pessoas tipo-humanóide cujas pele e faces parecem de lagartos e sapos com grandes olhos protuberantes. Jason Bishop III (um pseudônimo), um investigador do fenômeno extraterrestre, afirma que os reptilianos são na sua maior parte muito mais altos que os humanos e são de sangue frio como os répteis da Terra. Eles parecem ser muitíssimo menos sensíveis emocionalmente que os humanos e a maior parte tem grande dificuldade de expressar amor, ainda que eles sejam extremamente inteligentes e tenham tecnologia muito avançada. Eu devo dizer que é uma excelente descrição das atitudes e comportamento da Fraternidade que controla o mundo hoje. Os registros modernos dos reptilianos casam com as descrições de muitos "deuses" do mundo antigo nos textos e lendas subsistentes. A cultura Ubaid existiu entre 5.000 e 4.000 a.C., exatamente antes da Suméria, no que hoje é o Iraque e desenhos (ou imagens) de seus deuses são claras representações de humanóides similares à répteis e lagartos. Você pode ver um desenho (imagem) Ubaid de um lagarto segurando um lagarto filhote numa seção de ilustrações. A região onde as culturas Ubaid-Suméria surgiram é fundamental para esta estória toda e os desenhos Ubaid representam fisicamente as descrições de "deuses" que dominaram muitas sociedades antigas. As culturas centro-americanas tiveram sua serpente alada de ouro, Quetzalcoatl; os índios Hopi tinha sua serpente emplumada de ouro, Baholinkonga, e a cultura nativa americana é afogada no imaginário da serpente, incluindo a misteriosa colina em forma de serpente em Ohio; os índios do leste falam de deuses reptilianos, os Nagas (estes eram uma raça de 'demônios' na lenda dos índios e seu nome significava "Aqueles que não caminham, mas rastejam"); os egípcios tinham seu deus serpente, Kneph, e os faraós eram, frequentemente, retratados como serpentes; os fenícios tinham Agathodemon, uma outra imagem de serpente; o povo vudu tem o um deus que eles chamam Damballah Wedo, que é retratado como uma serpente; e os hebreus tinham Nakhustan, Serpente de Bronze. O antigo deus britânico, conhecido como o Governante-Dragão do Mundo, era chamado Hu e disto, muito apropriadamente eu sugeriria, nós obtemos o termo humano (Hu-man). O disco-alado símbolo dos Sumerianos, que é encontrado por todo mundo antigo, era normalmente retratado com duas serpentes. O simbolismo da serpente e sua associação com 'deuses' antigos abunda por todas as partes do mundo. O Reverendo John Bathhurst Deane em seu livro The Worship Of The Serpent (3)(A Adoração Da Serpente), escreveu:
"...Um dos cinco construtores de Tebas (no Egito) foi denominado depois de deus-serpente dos fenícios, Ofhion... O primeiro altar erigido para Ciclopes em Atenas, foi para 'Ops', a divindade-serpente... A adoração simbólica da serpente era tão comum na Grécia, que Justin Martyr acusa os gregos de o introduzir nos mistérios de todos os seus deuses. Diz que os chineses... são supersticiosos para escolher um pedaço de terra para erigir uma casa para morar, ou sepultura: conferindo a ele a cabeça, rabo e pés de diversos dragões que vivem debaixo da Terra."
A idéia de dragões cuspindo fogo e serpentes malignas que aparecem em lendas e textos por todo o mundo poderiam facilmente ter sua origem nos "deuses" reptilianos que outrora operavam abertamente milhares de anos atrás. Estes eram o Povo Serpente dos textos antigos, inclusive da Bíblia, onde a serpente é um tópico regular. Claro, a serpente tem sido usada para simbolizar muitas coisas e nem toda referência será literalmente um réptil (reptiliano), certamente não, mas muitas delas são. Há também um tema comum de um lugar sagrado sendo guardado por uma serpente ou dragão. Nós temos a serpente no Jardim do Éden e o tema serpente/dragão é global. Os persas falam de uma região de êxtase e deleite chamado Heden que era mais bonito que todo resto do mundo. Era o domicílio original dos primeiros homens, eles diziam, antes de eles serem tentados pelo espírito maligno, na forma de uma serpente, a partilhar da fruta da árvore proibida. Há também a árvore embaixo da qual o 'Jesus' hindu, conhecido como Khrishna, sentou-se sobre uma serpente enrolada e conferiu conhecimento espiritual a humanidade. Os antigos gregos tinham uma tradição das Ilhas dos Abençoados e o Jardim das hespérides no qual crescia a árvore que dava as maçãs douradas da imortalidade. Este jardim era protegido por um dragão. Nos livros sagrados chineses há um jardim no qual cresciam árvores que davam as frutas da imortalidade e elas, também eram protegidas por um serpente alada denominada um dragão. Nos registros mexicanos antigos, a versão deles da estória de Eva envolve uma grande serpente macho. Uma outra lenda Hindu fala da sagrada montanha de Meru guardada por um terrível dragão. Muitas e muitas vezes nós observamos o mesmo tema de lugares sagrados guardados por temerosos dragões e de um reptiliano ou um meio réptil-meio humano, dando conhecimento espiritual para os humanos.
As espécies répteis tem uma longa, longa conexão com a Terra, retrocedendo no tempo mais do que 150 milhões de anos até os dinossauros e além. Se nós estamos querendo entender a verdadeira natureza da vida, nós precisamos liberar nossas mentes dos vínculos de condicionamento e perceber que o que nós vemos ao nosso redor na Terra é somente uma minúscula fração de possibilidades. As espécies répteis, como lagartos e cobras, são meramente uma forma da corrente genética reptiliana no universo. Enquanto os dinossauros não são todos répteis de sangue frio, como modernas pesquisas demonstraram, os répteis e dinossauros estão proximamente relacionados pela aparência física somente e ambos geraram uma surpreendente variedade de diferentes formas. Os dinossauros manifestaram-se como tudo, desde criaturas voadoras, grandes e pequenas, até o Tiranossauro Rex de oito toneladas. Estamos realmente dizendo que as correntes genéticas réptil-dinossauro que podem produzir tal diversidade, não podem manifestar-se em uma forma com duas pernas e dois braços com uma capacidade cerebral através da qual uma consciência tecnicamente avançada pode operar?
Mais recentemente uma maior compreensão dos dinossauros tem revelado que muitos eram muito inteligentes há um milhão de anos atrás. Os Saurornithoides, denominados por sua aparência semelhante a um réptil na forma de pássaro, tinha um enorme cérebro, olhos bem afastados um do outro que concediam uma visão estereoscópica, e dedos com polegares opostos aos outros dedos de cada mão, que permitiam pegar e comer pequenos mamíferos . Adrian J. Desmond, um dos principais pesquisadores de dinossauros do mundo, diz que criaturas como os Saurornithoides, ficavam separados dos outros dinossauros "por um abismo comparável ao que separa os homens das vacas" . Ele pergunta: “Quem sabe quais altos níveis os sofisticados 'imitadores de pássaros' teriam alcançado tivessem eles sobrevivido?” (9) Estudos têm sugerido que se os dinossauros não tivessem sumido do mapa por mais um outro cataclismo ao redor de 65 milhões de anos atrás, eles teriam evoluído para um réptil humanóide na época em que vivemos. (10) Dale Russel, o paleontologista sênior da Universidade do Norte da Califórnia, foi solicitado pela agência espacial dos EUA, NASA, a produzir um relatório sobre como o que a vida extraterrestre deveria parecer. Ele desenvolveu o dinossauro Troodon mantida a ordem, com as mudanças genéticas naturais, em milhões de anos e criou um modelo de um ser que ele apelidou um Dino-sauroid. Este tinha notável semelhança com um humanóide reptiliano e era idêntico àqueles descritos por pessoas que alegam ter visto extraterrestres répteis. Quem pode dizer que este salto evolucionário dos clássicos dinossauros para reptilianos humanóides, não aconteceu em uma outra dimensão, ou em um outro planeta material e talvez na Terra, antes dos dinossauros serem eliminados? Realmente, eles foram todos eliminados? A paleontologia moderna (o estudo dos fósseis) atualmente sugere que nem todos os dinossauros foram mortos pelo impacto do meteorito há 65 milhões de anos atrás e alguns continuam a viver hoje. Mais e mais evidências estão surgindo que pássaros são descendentes dos dinossauros. E enquanto os corpos da maioria dos dinossauros teriam sido destruídos, suas consciências teriam sobrevivido, porque consciência é energia e energia é indestrutível. Ela só pode ser transmutada em uma forma diferente. O que aconteceu com as consciências dos dinossauros que dominaram a Terra por 150 milhões de anos? Como nós vimos, os registros mais primitivos da Assíria, Babilônia, a história do Antigo Testamento, China, Roma, América, África, Índia e outros lugares, retratam estórias de dragões. O símbolo da serpente tem sido também encontrado na antiga Britânia, Grécia, Malta, Egito, Novo México, Peru, e por todas as Ilhas do Pacífico. Há uma semelhança inconfundível entre alguns dinossauros e antigas representações de dragões. Diversas espécies de lagartos pequenos indo-malaios, com asas palmadas, se parecem tanto com dragões que a eles foi dado o nome Draco imitando a constelação de estrelas de onde a hierarquia de reptilianos, afirma-se, originou-se. De até mais interesse para mim é o lagarto encouraçado chamado Moloch Horridus que também tem aparência semelhante a de um dragão. Moloch é uma divindade antiga para qual crianças eram sacrificadas há milhares de anos atrás e ainda são atualmente na vasta rede de rituais satânicos. Elas são sacrificadas para os reptilianos que têm procurado dominar o planeta por milhares de anos. Charles Gould que tem extensivamente escrito sobre dragões e répteis, diz: “Há uma espécie de lagarto hibernante e carnívoro que tem asas semelhantes as de dragão e era protegido por couraça e pontas afiadas". (12) Ele acredita que seu habitat fosse as terras montanhosas da Ásia central e seu desaparecimento coincidiu com o Dilúvio. (13) Mas há ainda avistamentos de 'lagartos voadores gigantes em áreas remotas do mundo, especialmente no México, Novo México e Arizona. Quem são eles e de onde eles vêm? Há três origens sugeridas para a intervenção reptiliana Anunnaki nos negócios humanos: 1-Eles são extraterrestres; 2-Eles são intraterrestres que vivem dentro da Terra; 
Eu acho que elas são todas verdadeiras

Extraterrestres?

Pesquisadores do fenômeno reptiliano concluem que pelo menos alguns têm origem na constelação estelar de Draco (veja figura 4). O sistema Draco inclui a estrela Thurban, outrora a Estrela do Norte, para qual as pirâmides egípcias estão orientadas. (14) De acordo com a pesquisa do autor Graham Hancock, o antigo complexo de templos em Angkor Wat, no Camboja, é uma réplica da constelação de Draco como teria sido em 10.500 a.C.. (15) Esta foi a época que a Terra e seu povo, humanos e extraterrestres, estariam se recuperando do cataclismo de 11.000 a.C. e reconstruindo sua civilização.



O autor e pesquisador, Robert Bauval, diz que as pirâmides em Giza se alinham com as estrelas no cinturão de Órion, como elas teriam estado em 10.500 a.C., quando Órion estava no seu ponto mais baixo, no seu ciclo (os orionitas são uma outra raça extraterrestre operando neste planeta, eu suponho). E Hancock e outros pesquisadores sugerem que a Esfinge com corpo de leão em Giza, que se acredita ser muitíssimo mais antiga que originalmente datada, teria se voltado diretamente para a constelação de Leão naquela mesma época, 10.500 a.C. Pesquisas prosseguem sob o oceano ao lado do Japão em uma fantástica estrutura que poderia também datar de 10.500 a.C. pelo menos. Há muitos que questionaram estas descobertas, especialmente a sincronização das pirâmides de Giza com Órion, mas, pelo menos elas, deram a partida a uma importante área de investigação, mesmo que provem não serem exatas em todos os detalhes. Contudo, descobrir a verdade, especialmente há tanto tempo atrás, é dificilmente fácil. É certamente surpreendente como as estruturas e templos antigos, de sociedades aparentemente sem conexão ao redor do mundo, se alinham entre si com fantástica precisão astronômica, matemática e geométrica. Mas então, estas sociedades não estavam sem conexão. Como veremos, elas tinham as mesmas origens. Os templos em Angkor Wat estão repletos de imagens reptilianas, um aspecto de todas as culturas antigas, incluindo os egípcios, os meso-americanos e os indianos. O Professor Phillip Calahan, em seu estudo sobre as remanescentes e misteriosas torres redondas da Irlanda, afirmou que elas estão posicionadas com notável sincronicidade com as constelações estelares da parte norte do céu no solstício de inverno. E as torres se alinham mais perfeitamente com a constelação de... Draco. A cabeça e olhos da formação Draco, como projetado no solo da Irlanda, estão, de acordo com Calahan, localizados em cada lado de Lough Negh (lago) bem no centro da Irlanda do Norte. O lado oriental de Lough Neagh é próximo a capital Belfast. (16) Assim a cabeça da constelação Draco está posicionada no solo da Irlanda do Norte e este pequeno país tem sido cenário de muitos levantes, assassinatos e sofrimento. No final deste livro, aqueles que não estão familiarizados com estes conceitos, apreciarão o poder do simbolismo para atrair energia para um lugar, negativa e positiva. John Rhodes, (17) um dos primeiros pesquisadores sobre a presença reptiliana, afirma que eles devem ser invasores do espaço que se deslocam de planeta para planeta, disfarçadamente se infiltrando na sociedade hospedeira e eventualmente tomando posse. Os militares reptilianos, é dito, encarregam-se das abduções das formas de vida, enquanto seus cientistas estudam a biologia e introduzem o código genético reptiliano nas espécies que eles desejam manipular. Isto envolve um programa de cruzamento e que é precisamente o que os textos sumerianos estão descrevendo em relação aos Anunnaki. Rhodes acrescenta que:
"De suas bases subterrâneas, os ETs militares reptilianos... (estabelecem) uma rede de cruzamentos reptiliano-humanos que se infiltra dentro dos vários níveis da cultura de superfície complexos militares industriais, corpos governamentais, OVNI/grupos paranormais, ordens religiosas e irmandades (sacerdotes),etc. Estes cruzamentos (linhagens), alguns inconscientes de suas instruções genético- reptilianas de ‛controle mental‟, representam seus papéis subversivos como ‛agentes reptilianos‟ montando o palco para uma invasão ET comandada por reptilianos.”
Intraterrestres?
Na sua expressão física, os Anunnaki são um das muitas raças do interior da Terra que vive no subsolo em enormes catacumbas, cavernas e túneis abaixo da superfície. Uma lenda Hopi (nação indígena norte americana) diz que um complexo de túneis muito antigo existe sob Los Angeles e este, eles dizem, era ocupado por uma raça ‛lagarta‟ há uns 5.000 anos atrás. Em 1933 G. Warren Shufelt, um engenheiro de minas, alegou ter o encontrado. (20) Atualmente, diz que, alguns rituais malévolos maçônicos são presididos neste complexo de túneis. Tem havido esforço combinado das autoridades para evitar que a existência destas raças subterrâneas e onde eles vivem se tornem públicas. Em 1909 uma cidade subterrânea que foi construída com a precisão da Grande Pirâmide foi encontrada por G.E. Kincaid perto do Grand Canyon no Arizona. Era grande o bastante para acomodar 50.000 pessoas e corpos mumificados encontrados no terreno eram de origem oriental, ou possivelmente egípcia, de acordo com o líder da expedição Professor S. A. Jordan. (21) Numerosos artefatos foram encontrados, inclusive utensílios de cobre tão duros como o aço. A Instituição Smithsonian em Washington DC assegurou-se que estas descobertas permaneçam desconhecidas para o público (este é o trabalho deles!) e ninguém teria tido conhecimento sobre esta descoberta, não fosse por dois artigos em um jornal local, o Arizona Gazette, em abril de 1909. O pesquisador e autor, John Rhodes, alega ter localizado este terreno e ele o conecta com Sipapuni, o mundo subterrâneo de onde os índios Hopi alegam ter se originado. De acordo com suas lendas, os Hopi outrora viveram dentro da Terra e eram alimentados e vestidos por pessoas ‛formiga‟, possivelmente extraterrestres conhecidos como os Greys (Cinzentos). Os Hopi referem-se à seus ancestrais como seus ‛irmãos cobra‟ e seu ritual subterrâneo mais sagrado é a dança da cobra. Como eu permanecerei enfatizando, nem todos reptilianos são de intenções malévolas e eu não tenho desejo de demonizar a corrente reptiliana. Nós estamos falando aqui apenas de um grupo deles. Os Hopi dizem que um dia sob as ordens de sua deusa, Mulher Aranha, eles ascenderam para superfície da Terra e emergiram através de sua caverna que eles denominavam Sipapuni. Uma vez no lado de fora, os Hopi dizem, um pássaro zombador (falso) chegou para confundir sua língua e fez diferentes tribos que falavam diferentes línguas. Isto é de tal modo uma repetição da estória bíblica da Torre de Babel que uma conexão é óbvia. A partir deste dia os Hopi não recriarão as imagens de seus ancestrais cobra por medo da morte. O esquema (layout) do mundo subterrâneo descoberto no Arizona foi descrito por G. E. Kincaid como uma ‛câmara gigantesca da qual irradiavam vintenas de passagens como os raios de uma roda‟. Isto é também como a moderna base subterrânea em Dulce, Novo México (EUA) é descrita, e círculos concêntricos de pessoas, compartimentalizadas em diferentes níveis de conhecimento, é a estrutura pela qual a Fraternidade Global manipula o mundo. Arizona, Novo México, é a área dos quatro ângulos onde os estados do Arizona, Utah, Colorado e Novo México todos se encontram, são algumas das mais importantes regiões da Terra para bases subterrâneas reptilianas. Mas mundos e cidades subterrâneos, no mundo antigo e moderno, existem em abundância por todo mundo. Há relatos de testemunhas oculares de humanóides gigantes avistados nas catacumbas Hal Saflini em Malta, durante a década de 30, que foi fechada depois que um grupo de escolares e o guia deles desapareceu. Mais de 30 antigos enormes complexos de túneis e cidades subterrâneas têm sido encontrados próximo à Derinkuya na Turquia. A lista continua (é enorme a lista). As misteriosas criaturas conhecidas como Pé Grande, uma enorme criatura cabeluda na forma de macaco, é declaradamente de dentro da Terra. Há uma crença largamente difundida entre pesquisadores de OVNIS que há bases subterrâneas reptilianas onde eles trabalham com sua linhagem de elite humano-reptiliana e eu tenho conversado com ex-funcionários da CIA que confirmam isto. Uma raça reptiliana definitivamente vive neste planeta em uma forma física e a única questão é se eles são nativos da Terra, ou se eles originaram-se de algum outro lugar. De novo é, provavelmente, as duas hipóteses, uma mistura das duas.
Outras dimensões?
Minha própria pesquisa sugere que é de uma outra dimensão, o mais baixo nível da quarta dimensão, que o controle e manipulação reptiliano são primariamente orquestrados. Sem entender a natureza multidimensional da vida e do Universo, é impossível deduzir-se a manipulação da Terra por uma força não-humana. Como cientistas de mente aberta estão agora confirmando, o Universo consiste de um infinito número de freqüências, ou dimensões de vidas, compartilhando o mesmo espaço, do mesmo jeito que freqüências de rádio e televisão o fazem. No momento você está sintonizado com o mundo tridimensional, ou terceira dimensão, e, portanto, isto é o que você percebe como sua realidade. Você está sintonizado com esta estação em outras palavras. Mas, como com o rádio e a televisão, todas as outras estações estão transmitindo ao mesmo tempo e se você mover o dial do seu rádio, ou trocar o canal da televisão, você pode se conectar com elas. Quando você faz isso, a estação ou canal que você sintonizava antes não desaparece, ele continua a transmitir, mas você não pode escutá-lo, ou vê-lo, porque você não está mais no seu comprimento de onda. Assim é com a consciência humana. Algumas pessoas (todos se a verdade for dita) pode sintonizar suas consciências para outros comprimentos de onda e conectar-se com informações e consciências operando nesta freqüência. Nós denominamos isto poder psíquico, mas ele é simplesmente a habilidade de mover seu "dial" para outra "estação". É de uma dessas outras estações ou dimensões, que a Raça Serpente, os Anunnaki, está controlando este mundo pela ‛possessão‟ de certas correntes de linhagens (famílias). Mas como minha pesquisa continua, está claro que os controladores reptilianos da quarta dimensão são eles mesmos controlados por entidades da quinta dimensão, onde isso tem fim? Quem pode saber. Sim, sim ,sim. Eu sei que isso soa fora da casinha, mas a verdade geralmente soa assim. Você pode colocar o livro de lado agora se é difícil aceitar isso, mas você precisa lê-lo todo para ver quão colossais evidências existem de que isso é verdade. A estação de onde os reptilianos operam é o mais baixo nível da quarta dimensão, a mais próxima a este mundo físico. Outras pessoas o conhecem como a mais baixa dimensão astral, o lendário lar de demônios retornando no tempo até à antigüidade. É deste ‛lugar‟ que os satanistas de hoje invocam suas entidades demoníacas nos seus rituais de magia negra. Eles estão na verdade invocando os reptilianos do nível mais baixo da quarta dimensão. É sugerido por alguns pesquisadores, com bom motivo, que o reptilianos não-físicos são capazes de vazar para esta dimensão através de buracos ou portais na estrutura tempo-espaço ocasionada por testes e explosões nucleares que tiveram início nos desertos do Novo México no começo da década de 40. Mas eu acho que tais buracos começaram a serem criados há muito tempo atrás, antes dos cataclismos, quando o mundo estava em um estágio ainda mais avançado tecnologicamente do que hoje. O controle reptiliano do Planeta Terra envolve todos os três temas acima. Eu acho que a corrente genética reptiliana opera por todas partes do Universo e eles não são malevolentes, longe disso. Tanto quanto com a humanidade, eles contém uma totalidade espectral de atitudes do amor ao ódio, liberdade ao controle. Eu estou identificando um grupo particular deles, não a totalidade da espécie – eu não posso enfatizar isto o bastante. Este grupo controlador veio da constelação Draco e outros lugares, e esta é a origem de termos como draconiano, uma palavra que resumi suas atitudes e agenda. Eles adoram consumir sangue humano e eles são os demônios sugadores de sangue da lenda. As estórias de vampiros são alegorias disso e qual o nome do mais famoso vampiro? Conde Drácula! O Conde simboliza as aristocráticas linhagens cruzadas de reptilianos-humanos que os reptilianos controlam (possuem, mantem o controle) do mais baixo nível da quarta dimensão e Drácula é uma óbvia referência novamente à Draco. Os recentes relatos dos sugadores de sangue (chupacabra) em Porto Rico, México, Flórida e o Noroeste do Pacífico ajustam-se a descrição reptiliana. Eles tem sido vistos sugando o sangue de animais domésticos de granjas e fazendas como cabras (goat-sucker em inglês). Os reptilianos operam um movimento alicate sobre a raça humana. Sua expressão física vive embaixo da terra e interage nas bases subterrâneas com humanos e cientistas humano-reptilianos (cruzamento) e chefes militares. Eles também emergem para tomar parte em algumas abduções humanas. Mas o controle principal vem por posse completa. O programa de cruzamentos (via sexo e tubos de ensaio) é descrito nas Tabuinhas Sumerianas e no Velho Testamento (os Filhos de Deus que cruzaram com as filhas dos homens). Estas linhas híbridas humano-reptilianas carregam o código genético reptiliano e deste modo podem ser muito mais facilmente possuídas pelos reptilianos do nível mais baixo de quarta dimensão. Como veremos, estas linhagens tornaram-se a aristocracia européia e britânica e as famílias reais e, graças ao ‛Grande‟ Império Britânico, elas foram exportadas para o mundo todo para governar as Américas, África, Ásia, Austrália, Nova Zelândia etc... Estas linhas genéticas (indivíduos das linhas) são manipuladas para posições de poder político, militar, de mídia, bancário e negócios e deste modo estas posições são tomadas por reptilianos do mais baixo nível da quarta dimensão escondidos atrás de uma forma humana ou por mentes "marionetizadas" (mind-puppets) por estas mesmas criaturas. Eles operam através de qualquer raça, mas predominantemente a branca.
Como é bem sabido, há uma área no cérebro humano até hoje conhecida como o cérebro réptil. Dentro do cérebro é o segmento primitivo para qual todas outras partes são acréscimos. E, de acordo com o neuroanatomista, Paul Maclean, esta antiga área do cérebro é dirigida por um outro segmento pré-histórico que alguns neuroanatomistas denominam de complexo-R. (22) R é a abreviação para reptiliano porque nós compartilhamos isto com os répteis. MacLean diz que este Complexo-R desempenha um importante papel no ‛comportamento agressivo, territorialidade, ritualismo e estabelecimento de hierarquias sociais‟ (23). Este é precisamente o comportamento padrão dos reptilianos e seus híbridos humano-reptilianos como exposto neste livro. O astrônomo, Carl Sagan, sabia muitíssimo mais do que ele divulgava para o público e de fato ele consumiu muito de sua carreira guiando as pessoas para longe da verdade. Mas seu conhecimento da verdadeira situação casualmente vinha a baila, como quando ele disse: "...não faz bem de qualquer maneira ignorar o componente reptiliano na natureza humana, particularmente nosso comportamento ritualístico e hierárquico. Ao contrário, o modelo deve nos ajudar a entender tudo sobre o que os seres humanos são." (24) Ele acrescenta em seu livro, The Dragons Of Eden (Os Dragões Do Éden), que até mesmo o lado negativo do comportamento humano é expresso em termos reptilianos, como em assassinos de sangue frio. Sagan (o nome invertido forma a palavra Nagas, os deuses reptilianos dos índios do leste) claramente conhecia o assunto, mas escolheu não revelar abertamente o que ele sabia. Enquanto o feto humano está transformando-se em um bebê ele passa por muitos estágios que se conectam com os maiores pontos evolucionários no desenvolvimento da presente forma física. Estes incluem conexões com mamíferos não primatas, répteis e peixes. Há um ponto em que o embrião desenvolve guelras, por exemplo. O embrião humano é muito parecido com o dos pássaros, carneiros e porcos até a oitava semana quando ele segue seu próprio caminho evolucionário. Ocasionalmente as instruções genéticas falham em lembrar o último script e alguns bebês nascem com caudas. Estes são chamados ‛caudal appendages‟ (apêndices caudais) e se formam na parte mais baixa da região lombar. A maioria é imediatamente removida pelos doutores, mas em alguns países mais pobres onde tal assistência médica não está acessível, há pessoas que vivem por todas suas vidas com caudas. (25) Feromônio é uma substância secretada e liberada por animais para que eles possam ser detectados por membros de uma mesma espécie. Os feromônios na mulher humana e iguanas são um casamento químico (chemical match).
Examine novamente aquelas ilustrações no começo do primeiro capítulo detalhando o número de planetas e estrelas que existem na fração do Universo que nós conhecemos. O número de formas de vida nesta galáxia somente é além da imaginação e isto e apenas no nível de existência tridimensional. Se nós julgarmos possibilidades, como nós fazemos, apenas pelo que nós vemos sobre um pequeno planeta em um pequeno sistema solar, nosso campo de percepção, imaginação e visão será tão microscópico que um entendimento do que está realmente acontecendo com este mundo será impossível. Para este nível de entendimento a idéia que uma raça reptiliana está controlando o planeta de outra dimensão ficará tão longínqua quanto será incompreensível. Esta é a maneira que a grande maioria receberá, a princípio as informações deste livro, mas a valorização da ‛conexão reptiliana‟ está crescendo entre os pesquisadores que estão interessados na verdade e não somente preocupados em defender um sistema de crenças ou procurando por aprovação do público.
Em um notável período de 15 dias enquanto eu viajei pelos EUA em 1998, eu encontrei mais do que uma dúzia de pessoas sem relações umas com as outras que me contaram como eles tinham visto humanos transformarem-se em répteis e retornarem a sua forma novamente em frente de seus olhos. Dois apresentadores de tv tiveram tal experiência enquanto entrevistaram um homem que era a favor da centralização global do poder conhecida como a Nova Ordem Mundial (New World Order). Depois da entrevista ao vivo, o apresentador disse para seu colega que ele tinha experimentado uma visão surpreendente durante a entrevista. Ele tinha visto a face do homem transformar-se em uma criatura similar a um lagarto e então voltava a humana. Sua companheira apresentadora estava perplexa porque ela tinha visto as mãos do entrevistado transformar-se em reptilianas. O apresentador também me contou de uma experiência que um amigo policial teve enquanto fazia uma visita de rotina a um quarteirão de escritórios em Aurora, perto de Denver, Colorado. O policial comentou com um executiva de uma das empresas no térreo da extrema qualidade da segurança no edifício. Ela disse que ele deveria dar uma olhada nos andares superiores se ele quisesse saber quão amplo eles realmente eram. Ela também apontou um elevador que somente ia até certos andares no topo do edifício e, enquanto eles papeavam, ela contou para ele sobre algo que ela tinha visto algumas semanas antes. O elevador se abriu e uma figura muito estranha surgiu. Ele era branco ao ponto de ser albino, mas tinha um rosto com forma de lagarto e suas pupilas eram verticais como as de um réptil. Esta figura parecida com lagarto saiu do elevador e entrou em um carro com jeito de ser do governo que esperava no lado de fora. O policial ficou tão intrigado que ele usou de seu próprio tempo para checar sobre as empresas do topo do edifício servidas pelo misterioso elevador. Ele descobriu que elas eram todas fachadas para a Agência Central de Inteligência (Central Intelligence Agency), a CIA.
Assim como há as experiências de Cathy O'Brian, a escrava com a mente controlada do governo dos EUA por mais de 25 anos, que ela detalha no seu surpreendente livro, ‛Trance Formation of America‘, escrito com Mark Phillips.  Ela foi sexualmente abusada quando criança e quando adulta por uma série de pessoas famosas nomeadas no seu livro. Entre eles estavam os presidentes dos EUA, Gerald Ford, Bill Clinton e, mais apavorantemente, George Bush, um grande participante na Fraternidade, como meus livros e outros já expuseram. Foi Bush, um pedófilo e serial killer (assassino em série), que regularmente abusou e estuprou a filha de Cathy, Kelly O'Brien, quando ela era uma criança pequena antes que a corajosa exposição desses estarrecedores eventos por sua mãe forçasse as autoridades a remover Kelly do programa de controle da mente conhecido como Projeto Monarch. Cathy escreve em ‛Trance Formation Of America‘ como George Bush estava sentado em sua frente em seu escritório em Washington DC quando ele abriu um livro em uma página retratando "alienígenas similares a lagartos de um lugar no espaço bem distante." (28) Bush então alegou ser um "alienígena" ele mesmo e pareceu, na frente dela, transformar-se ‛como um camaleão‟ em um réptil. Cathy acreditou que algum tipo de holograma foi ativado para realizar isto e de seu entendimento na época eu posso ver porque ela racionalizou sua experiência deste modo. Qualquer um faria isso, porque a verdade é muito fantástica para compreender até você ver o desenvolvimento gradual de evidências. Não há dúvida que programas da mente fundamentados por alienígenas são parte desses projetos de controle da mente e que a cena OVNI-Extraterrestre por inteiro está sendo massivamente manipulada, não menos através de filmes feitos em Hollywood para moldar o pensamento do público. Cathy diz em seu livro que George Lucas, o produtor de Star Wars, é um agente secreto da NASA e da Agência Nacional De Seguranca (National Security Agency), o tronco "mãe" da CIA. Mas dada as evidências apresentadas por outras tantas pessoas, eu não acredito que o que Bush disse e Cathy viu era apenas um programa de controle da mente. Eu acho que ele estava revelando o Maior Segredo, que uma raça reptiliana de uma outra dimensão tem estado controlando o planeta por milhares de anos. Eu conheço outras pessoas que viram Bush transformar-se em um reptiliano.
O presidente do México nos anos 80, Miguel de La Madrid, também usou Cathy no seu estado de mente controlada. Ela disse que ele contou a ela a lenda da Iguana e explicou que extraterrestres similares à lagartos visitaram os maias no México. As pirâmides maias, sua tecnologia astronômica avançada e o sacrifício de virgens, foram inspirados por alienígenas similares à lagartos, ele contou a ela. (30) Ele acrescentou que estes reptilianos se acasalaram com os maias para produzir uma forma de vida que eles pudessem ocupar. De La Madrid contou a Cathy que estas linhagens reptiliano-humanas podiam flutuar entre uma aparência humana e iguana através de habilidades similares as do camaleão – "um perfeito veículo para converterem-se em líderes mundiais", ele disse. De La Madrid sustentou ter linhagem maia-lagarto no seu sangue que o permitia transformar-se novamente em iguana à vontade. Ele então transformou-se diante dos olhos dela, como Bush o fez, e pareceu ter uma língua e olhos similares aos dos lagartos. Cathy, compreensivamente acreditou que isto era uma outra projeção holográfica, mas era realmente? Ou De La Madrid estava dizendo algo muito próximo da verdade? Este tema de ser como um camaleão é meramente um outro termo para "shape-shifting" (troca de aparência), um tema que você encontrará por toda parte no mundo antigo e, entre as pessoas de mente aberta, no mundo moderno também. Troca de aparência é a habilidade de usar sua mente para projetar uma outra imagem física para as pessoas verem. Tudo é energia vibrando em velocidades diferentes, então se você usa sua mente para re-vibrar aquela energia em uma ressonância diferente, você pode apresentar-se em qualquer forma que você escolher. Várias testemunhas têm descrito como os assim-chamados "Homens de Preto" (Men in Black) se materializam e se desmaterializam quando eles intimidam pessoas que estão transmitindo informações sobre extraterrestres e OVNIS. Eles podem fazer isto porque eles são seres interdimensionais que podem apresentar-se em qualquer forma. Esta é a razão principal para a obsessão com acasalamentos entre as famílias de linhagem de Elite. Eles estão procurando manter uma estrutura genética que os permita mover-se entre dimensões e trocar de aparência entre um aspecto humano e reptiliano. Uma vez que a estrutura genética torne-se muito diferente de sua origem reptiliana, eles não podem trocar de aparência desse jeito. No laboratório de controle da mente do Centro Aero-Espacial Goddard da Nasa próximo a Washington DC, Cathy diz que ela foi apresentada a outro tema alienígena por Bill e Bob Benett, duas figuras bem conhecidas na política dos EUA e fundamentalmente conectados as redes da Fraternidade. Após serem dadas a ela drogas de alteração da mente, isto é o que ela diz ter observado (experimentado):
"No escuro ao meu redor eu podia ouvir Bill Benett falando: "Este é meu irmão, Bob. Ele e eu trabalhamos como uma unidade. Nós somos alienígenas para esta dimensão – dois seres de um outro plano."
"A luz high-tech dispositivo luminoso redemoinhando ao meu redor me convenceu que eu estava transfigurando dimensões com eles. Um laser de luz atingiu a parede negra na minha frente, o qual parecia transformar-se em uma vista panorâmica de um coquetel na Casa Branca – como se eu tivesse transfigurado dimensões e me encontrasse entre eles. Não reconhecendo ninguém, eu freneticamente perguntava: "Quem são estas pessoas?" "Eles não são pessoas e isto não é uma espaçonave", Bennett disse. Enquanto ele falava, a cena holográfica mudava de maneira constante tão levemente até as pessoas parecerem ser alienígenas similares a lagartos. "Bem-vinda ao segundo nível do subterrâneo (organização). Isto é uma mera imagem espelhar da primeira (ou reflexo espelhado da primeira), uma dimensão alienígena. Nós somos de um plano trans-dimensional que se estende e rodeia (cinge) todas as dimensões...
“Tenho levado você através da minha dimensão como um método de estabelecer domínios mais fortes sobre sua mente do que o plano da Terra permiti," Bill Bennett estava dizendo. "Sendo alienígena, eu simplesmente faço meus pensamentos seus pensamentos pela projeção deles em sua mente. Meus pensamentos são seus pensamentos." (32)
De novo, isto poderia ser simplesmente um dispositivo programado, mas dada outras evidências que eu estou apresentando, não é mais provável que, sob os efeitos de drogas e outras técnicas, a mente de Cathy tenha se transferido para a dimensão em que os reptilianos operam? Os reptilianos provêm do nível mais baixo da quarta dimensão e meramente usam corpos físicos como seus veículos para manipular esta dimensão. Faz sentido, portanto, que se você sintonizar sua mente para a verdadeira dimensão deles você os verá como eles realmente são. As descrições de Cathy espelham aquelas de alguns "abduzidos" que se recordaram como seus abdutores extraterrestres a princípio pareciam completamente humanos, mas então alteravam-se para parecer como lagartos humanóides. Estas pessoas são realmente abduzidas por alienígenas em espaçonaves, ou elas são submetidas a técnicas de controle da mente como aquelas experimentadas por Cathy O'Brien que as conecta com o nível mais baixo da quarta dimensão? Hunter S Thompson em seu livro, Fear And Loathing In Las Vegas (Medo e repugnância em Las Vegas), (33) descreve-se vendo répteis enquanto drogado e um cara que eu encontrei nos EUA (nestes 15 dias que eu mencionei anteriormente) contou-me uma estória similar. Ele "viajou" com enorme quantidade de LSD nos anos 60 e, em seu estado consideravelmente alterado da mente, ele via algumas pessoas como humanos e outras como lagartos humanóides e outras répteis. Por um tempo ele acreditou que ele estava meramente tendo alucinações, mas como um ‛viajante‟ regular de altas doses ele começou a perceber que o que ele estava vendo, habitualmente pelo terceiro dia de uma "viagem" (trip) de 5 dias, não era uma alucinação, mas os véus vibratórios erguendo-se, o que permitia a ele ver através do material (físico) para a força controlando a pessoa. Nestes momentos as mesmas pessoas sempre tinham aspectos de lagarto e as mesmas pessoas sempre pareciam humanas. Elas nunca se transformavam. Ele também começou a observar que aqueles ao redor dele que tinham aparência similares à lagartos, em seu estado alterado sempre pareciam reagir igual a filmes, programas de tv, etc. "Nós costumávamos rir e dizer "aí vêm os lagartos"," ele me disse. Ele acreditava que havia, para usar sua própria frase, um "campo morfogenético" o qual se transmitia para o DNA da pessoa-lagarto e alinhava a estrutura celular para o esquema genético reptiliano. Mais genes reptilianos a pessoa carrega mais fácil é a transmissão, ou quiçá controle, se realizar. E os indivíduos com estrutura celular mais alinhada com o esquema reptiliano são as famílias da Elite que governam o mundo até hoje. Não é sem razão que Diana, Princesa de Gales costumava chamar os Windsors de os "lagartos" e de os "répteis" e dizia com seriedade: "Eles não são humanos". Isto foi contado para mim, por uma confidente íntima de Diana por 9 anos, a quem eu cito prolongadamente mais tarde neste livro.
Ao fim destes 15 dias, após encontrar pessoas e mais pessoas contando-me a mesma estória de ver humanos tornarem-se répteis, eu estava sentado na sala de conferências do evento Whole Life Expo em Minneapolis, onde eu estava me apresentando e palestrando sobre estas experiências, quando uma senhora com dons mediúnicos disse-me que ela sabia sobre o que eu estava falando, porque ela podia ver os répteis por dentro e ao redor dos corpos de políticos que lideravam o mundo, e a elite militar, bancária e dos negócios. Isto era possível porque, como qualquer um que tenha acesso à visão mediúnica, ela podia ver através da matéria e para o mais baixo nível da quarta dimensão onde os reptilianos habitam. O que Miguel De La Madrid disse para Cathy O‟Brian? As linhagens reptilianas-humanas podiam flutuar entre uma aparência humana e iguana através de habilidades similares as do camaleão – “um veículo perfeito para converterem-se em líderes mundiais". Esta médium disse que a maioria das pessoas em posições de poder pareciam ser répteis, mas havia outros que ainda eram humanos e estas pessoas, ela disse, eram “eclipsados e controlados” por um réptil, mas eles não são realmente répteis. Nós denominaríamos isto ser possuído. Esta é uma distinção importante. Há os ‛puros sangues‟ que são os reptilianos usando uma aparente forma humana para esconder suas verdadeiras naturezas, e os ‛híbridos‟, os reptilianos-humanos de linhagens acasaladas, que são possuídos pelos reptilianos da quarta dimensão. Um terceiro tipo são os reptilianos que diretamente se manifestam nesta dimensão, mas não podem manter este estado indefinidamente. Alguns dos “Homens de Preto” são exemplos disto. Muitas das pessoas possuídas não terão idéia de que isso acontece, mas seus pensamentos são pensamentos reptilianos e eles agem de maneiras que a Agenda avance sem se darem conta do como e porque eles estão sendo usados, nos bastidores. Liderando famílias da Fraternidade como os Rothchilds e os Windsor estão os full-bloods, reptilianos vestindo corpos físicos humanos como um sobretudo com completo conhecimento de quem eles são e da Agenda que eles procuram implementar. Um outro comentário que a médium fez foi que em seu estado alterado de consciência, Hillary Clinton aparecia como uma réptil, enquanto seu marido, Bill Clinton o presidente dos EUA, era somente eclipsado e controlado por um. Isto é interessante porque minha própria pesquisa, e de outros, revelou Hillary Clinton ser muito superior na hierarquia a Bill, que, embora sendo de uma linhagem, é um peão no jogo, para ser usado e descartado quando necessário. Não é sempre que as pessoas mais poderosas são colocadas no que parece ser os trabalhos mais poderosos. Frequentemente eles não são. Eles são os que exercem influência sobre aqueles que parecem ter o poder.
Há uma outra diferença chave entre os puros-sangues e os acasalados. Tudo é criado pelo som. Quando você pensa ou sente, você emite uma onda de energia que muda a energia ao redor de você para ressoar no mesmo nível vibratório. Aquela onda é na verdade um som, transmitindo além do alcance da audição humana. A forma não pode existir sem som. Como você pode ver em uma fantástica série de vídeos chamada Cymatics (34), é o som que transforma a matéria em forma. Nos vídeos, areia e outras partículas são colocadas sobre uma lâmina de metal e este é vibrado por diferentes sons que rearranjam a areia em surpreendentes padrões geométricos frequentemente. De acordo com cada mudança de som os padrões mudam. Retornando para o som original e o padrão original retorna imediatamente. É como as ondas que formam os círculos concêntricos das órbitas planetárias ao redor do Sol que eu mencionei no último capítulo. O Sistema Solar é também a criação do som. Tudo é. No começo era a palavra e a palavra era... som. Nos vídeos Cymatics você vê as partículas se transformarem em mini planetas, sistemas solares e galáxias, somente por meio de vibrações sonoras. Som é também uma maravilhosa forma de cura porque por ressoar no corpo e nos seus órgãos dentro de suas vibrações peculiares eles podem ser curados. Doença é enfermidade (dis-ease), a desarmonia do estado natural vibracional do corpo e, porque nossos pensamentos e emoções são na verdade ondas sonoras, nossos pensamentos e emoções desequilibrados rompem a harmonia vibracional e portanto levam à dis-ease (enfermidade). Isto é como o stress emocional causa a doença. É tão simples. De qualquer maneira, um outro incrível exemplo de tudo isto, nos vídeos Cymatics é ver figuras quase similares a humanos formadas a partir de partículas quando certos sons são emitidos. Nossos corpos também são o resultado de som ressoando energia em forma e se nossas mentes são poderosas o suficiente para mudar o alcance sonoro do corpo, ele se alterará para uma outra forma ou desaparecerá desta dimensão completamente. Isto é o que se chama troca de aparência. Não é um milagre, é ciência, as leis naturais do universo. Os puros-sangues reptilianos do nível mais baixo da quarta dimensão podem, portanto, fazer suas formas físicas humanas desaparecerem e trazer a tona seus níveis de existência reptilianos. Eles trocam de aparência. Para nós nesta dimensão eles parecem humanos, mas isto é somente um sobretudo vibracional.
Depois que o primeiro rascunho deste capítulo estava completo eu encontrei uma mulher, dessa vez na Inglaterra, que tinha sido casada com um homem envolvido com rituais satânicos e redes da Fraternidade. Ele era o zelador principal de uma área de terra chamada Burnham Beeches próxima à fronteira de Buckinghamshire-Berkshire a poucas milhas de Slough, oeste de Londres. Este é um local antigo mencionado no Domesday Book (Cadastro de Terras Inglesas) à época de William, o Conquistador, no século 11 e tem uma fama de estar ligado a satanismo. A senhora que me contou esta estória estava levando seu cachorro para um passeio pela propriedade ao anoitecer no começo dos anos 70, quando ela viu uma figura em um longo roupão vermelho. Quando ele ergueu sua cabeça, ela viu que seu rosto era o de um lagarto. Ela obviamente pensou estar louca, mas isto não era nenhuma ilusão, ela disse. O „lagarto‟ era muito real e muito físico, não uma aparição. Ela era muito mediúnica e, posteriormente, começou a ver pessoas ou transformarem-se em lagartos diante dos olhos dela ou serem eclipsadas por eles de maneira exata a descrita pela médium americana. Se você procurar na seção de imagens você verá a impressão de um artista do que ela vê com a visão mediúnica dela e muitos outros descreveram exatamente as mesmas experiências. Em 20 de julho de 1988, várias pessoas em Bishopsville, Carolina do Sul – EUA disseram terem sido aterrorizadas por um “homem-lagarto de 2,10 metros de altura que não tinha cabelos, sobrancelhas ou lábios, tinha três dedos em cada mão e grandes olhos oblíquos que tinham uma intensa cor vermelha”. Houve cinco avistamentos deste “homem-lagarto” e a estória foi relatada no Los Angeles Times e no Herald Examiner.
Quando você segue o fluxo da vida e escuta sua intuição, a você é demonstrado o que você precisa saber pela incrível sincronicidade que diariamente cerca você e o leva através das cortinas de fumaça e salas de espelhos. Um dia em fevereiro de 1998 em Jonesburgo, África do Sul, eu passei aproximadamente 5 horas conversando com um xamã zulu chamado Credo Mutwa. A palavra zulu quer dizer Povo das Estrelas, pois eles acreditam que são uma raça real que se originou além dos limites deste planeta. Nós conversamos sobre a manipulação global e sua crença de que uma raça extraterrestre está por trás da Fraternidade global de monarcas, políticos, banqueiros e proprietários da mídia. Logo depois eu retornei para a casa onde eu ficava e escrevi os pontos principais que ele mencionou no meu laptop antes de descer para a sala de estar no final da tarde. Enquanto eu sentava um filme estava justamente começando, ele se chamava The Arrival (36) e era sobre uma raça extraterrestre semelhante a répteis que dominava o planeta conduzindo suas operações através de corpos humanos e parecendo serem humanos. Alguém estava tentando me dizer algo! E este algo é a verdade. Um outro menos-conhecido filme que eu vi nesta época era chamado They Live (37) e novamente o tema era sobre uma raça extraterrestre dominando o mundo trabalhando através de corpos físicos humanos. Alien Resurrection (38) foi um outro a sustentar o tema com a implicação de que os alienígenas estavam ocupando os corpos de humanos. Mas o mais próximo que qualquer filme se aproximou da verdade foi a série da tv americana dos anos 80 chamada V. (39) Ela fala de uma raça réptil extraterrestre que domina o mundo parecendo serem humanos. O filme retrata os répteis como sendo cobertos por uma espécie de pele de latex, que não é como funciona na realidade, mas o tema da série é correto no fundamento e um antegozo das coisas que nos esperam; a menos que nós despertemos rápido. Eu recomendo muito que você pense em assistir o vídeo de V para captar uma sensação visual dos temas que eu estou expondo neste livro.
Um dos pesquisadores principais sobre estes fenômenos tem sido a americana Alex Christopher, autora dos livros ‛Pandora‘s Box‘, Volumes I e II, (40) que revela, parcialmente, a presença reptiliana neste planeta. Alex tem visto reptilianos e o que ela denomina os Cinzas de olhos grandes. Uma noite em Panama City, Flórida ela diz que ela foi chamada às 2h30 da madrugada por seus vizinhos excitados, uma mulher e seu parceiro, um piloto de linha aérea. Quando ela atravessou correndo para a casa deles, ela encontrou a mulher desmaiando, deslizando pela parede com seus olhos revirando. Alex disse que ela sentiu uma incrível energia no quarto que parecia estar tentando penetrar na cabeça dela. Definitivamente existia radiação, ela disse, e no dia seguinte todas as plantas no quarto estavam mortas. Ela apanhou o casal e os levou para fora aonde eles conversaram por um tempo. Eles disseram que estavam fazendo amor quando o incidente começou e isto é muito significativo porque os reptilianos se alimentam de energia sexual e emocional humana o que é uma das razões para o sexo ser tão fundamental para rituais satânicos realizados para os ‛demônios‟– este grupo reptiliano. O casal disse que eles viram um clarão de luz e então eles foram puxados da cama. O homem ainda tinha sua lateral marcada por dedos que deviam ter 25 cm de extensão com garras que queimaram a pele dele. No dia seguinte esta marca estava tão dolorida que ele não podia tocá-la e Alex Christopher tem isto gravado em vídeo. Quando o casal se acalmou e Alex voltou para cama em sua casa, ela se deparou cara a cara com um reptiliano:
“Eu acordei e lá estava esta “coisa” supervisionando minha cama. Ele tinha (wrajyaround) olhos amarelos com pupilas de cobra e orelhas pontudas, e tinha os dentes a mostra de orelha a orelha. Ele tinha um traje prateado e isto me aterrorizou muito. Eu joguei as cobertas sobre minha cabeça e comecei a gritar... Eu quero dizer, aqui está esta coisa com um sorriso de gato Cheshire (gato do romance Alice no país das Maravilhas) e estes olhos brilhantes aterrorizadores... isto é demais. Eu já vi este tipo de coisa em mais de uma ocasião... Ele tinha um nariz adunco e tinha uma aparência muito humana, diferente de seus olhos, e tinha o tipo de pele acinzentada...
...Posteriormente em 1991, eu estava trabalhando em um prédio em uma cidade grande, e eu fiz uma pausa por volta de 6 da tarde e quando eu dei por mim era 10h30 da noite e eu achei que tinha feito uma pausa curta. Eu comecei a lembrar que eu fui levada a bordo de uma (espaço) nave, através de quatro andares do prédio de escritórios e através do telhado. Lá na nave foi onde eu encontrei alemães e americanos trabalhando juntos, e também alienígenas cinzentos, e então nós fomos levados para um outro tipo de estrutura e aí eu vi os reptilianos de novo... os que eu denomino “Bebês Godzilla” que têm dentes curtos e olhos oblíquos amarelos... O que ficou gravado na minha mente foram os seres que se pareciam com répteis, ou os ―velcoci-rapters‖. Eles são os seres mais cruéis que você poderia imaginar e eles até têm um cheiro horripilante.” (41)
Na „nave‟ ela recorda ter visto os alemães e os americanos usando uma insígnia, um triângulo azul com um dragão de olhos vermelhos e um círculo ao redor disto. Um contato posteriormente contou a ela que ela viu o mesmo símbolo em Fort Walden nos Estados Unidos. Um símbolo de serpente alada podia também ser visto na manga de um soldado israelense enquanto ele confortava a filha do Primeiro Ministro assassinado, Yitzhak Rabin, no funeral de seu pai em 1995. (Veja a revista Newsweek, de 20 de novembro de 1995.) Uma das especialidades de Alex Christopher é o novo aeroporto de Denver que tem a reputação de ser uma cobertura para uma base reptiliana-humana no subterrâneo profundo. Este é certamente um lugar estranho. A primeira vez que eu falei sobre estes assuntos de conspiração nos Estados Unidos foi em Denver em agosto de 1996, e eu pousei no aeroporto de Denver Airport sem a menor idéia de seu subterrâneo. Mesmo assim, tão logo o avião pousou eu senti uma energia muito estranha, muito esquisita e desagradável. O aeroporto foi construído a custos enormes em terreno aberto bem distante de Denver e está repleto de símbolos maçônicos. Há também gárgulas, imagens de répteis alados que você encontra em lares pomposos da aristocracia na Britânia, nas igrejas e grandes catedrais da Europa que foram construídos pela rede da Fraternidade. Há também gárgulas em um prédio na Dealey Plaza onde o Presidente Kennedy foi assassinado e agora elas aparecem de novo em um moderno aeroporto construído sobre uma alegada base reptiliana subterrânea. Gárgulas são símbolos dos reptilianos e esta é a razão para você encontrá-las no aeroporto de Denver. A pedra fundamental do aeroporto está marcada com o símbolo clássico do compasso dos maçons e ela fica na parte do terminal denominada O Grande Salão, um outro termo maçônico. Em uma parede se encontra um mural grotesco repleto de simbolismo malevolente, incluindo três caixões com mulheres mortas neles: uma garota judia, uma nativa americana e uma mulher negra. Uma outra garota está segurando uma placa que descreve a destruição da civilização. Um imenso personagem, descrito como um ‗Darth Vader verde‟ por Alex Christopher, aprecia uma cidade destruída com uma espada em sua mão e mulheres estão caminhando pela estrada, segurando seus bebês mortos. Todas as crianças do mundo são retratadas levando armas de cada país e dando-as para uma imagem de um garoto alemão com um punho de ferro e uma bigorna em sua mão. Denver está aparentemente programada para ser a sede do setor ocidental dos Estados Unidos sob o estado global fascista denominado a Nova Ordem Mundial que está planejada para além do ano 2000. Diz-se que Atlanta será o centro para o setor oriental e eu me recordo, pensando há alguns anos atrás, como o desenho dos aeroportos de Denver e Atlanta eram tão similares – e agora eu sei porque.
Colorado é um grande centro para a Nova Ordem Mundial e a Rainha da Inglaterra, sob um outro nome, tem comprado terras lá. Como vocês verão posteriormente, a Família Real Britânica está maciçamente envolvida nesta estória assim como no assassinato de Diana, a princesa de Gales. Um dos principais contatos de Christopher era um cara chamado Phil Schneider, o filho de um comandante alemão de submarinos na Segunda Guerra Mundial, que foi encarregado de construir várias bases no subterrâneo profundo nos Estados Unidos. Eu vi uma de suas palestras em vídeo, quando ele começou a falar publicamente sobre a rede subterrânea de bases, cidades e túneis por todo os Estados Unidos. Ele posteriormente morreu em circunstâncias muito suspeitas que eram para dar uma idéia de „suicídio‟. Schneider disse que o aeroporto de Denver estava conectado com uma base subterrânea profunda que descia a pelo menos oito níveis. Ela incluía uma cidade subterrânea de 7,2 km² e uma vasta base, ele disse. Outros contatos que estiveram nos subterrâneos do aeroporto de Denver alegam que há enorme número de escravos humanos, muitos deles crianças, trabalhando lá sob o controle dos reptilianos. Duas das bases que Phil Schneider alegava ter ajudado a construir são a infame Área 51 em Nevada e Dulce no Novo México, que se conecta com a rede de túneis ao Laboratório Nacional de Los Alamos. Eu estive em Los Alamos e as vibrações são simplesmente horríveis. Depois de ter falado sobre o envolvimento reptiliano nos assuntos humanos no programa de rádio Sightings nos Estados Unidos, um soldado do exército designado para um posto na superfície em Dulce enviou-me um relato. Ele percebia que havia algo „extremamente estranho‟ a respeito do lugar, mas não poderia explicar porque. Ele recordava que:
″Eu estava trabalhando num serviço de rotina quando um outro dos jovens pracinhas, um mecânico, entrou com um serviço de urgência, que ele queria soldar naquele momento. Ele tinha a cópia e prosseguiu a mostrar-me exatamente o que ele queria. Nós estávamos curvados sobre a bancada em frente da soldadora quando ocorreu de eu olhar diretamente em seu rosto. Pareceu repentinamente tornar-se coberto com um filme semi-transparente ou nuvem. Suas feições desbotaram e em seu lugar apareceu uma “coisa” como olhos salientes, sem cabelo e escamas como pele.”
Ele posteriormente viu a mesma coisa acontecer com um guarda no portão da frente de Dulce. Outras testemunhas relataram terem visto mais camaleões-reptilianos trabalhando no Hospital Militar de Madigan próximo a Fort Lewis, ao sul de Seattle no estado de Washington. De novo eu palestrei naquela área e achei-a toda, extremamente estranha, não menos por haver um centro da „Nova era‟ próximo a Fort Lewis. Jason Bishop III tem conduzido estudos extensos sobre a operação em Dulce e determinou o envolvimento de um cartel que eu exponho em ...And The Truth Shall Set You Free (E A Verdade O Libertará), incluindo organizações
como a Rand Corporation, General Electric, AT& T, Hughes Aircraft, Northrop Corporation, Sandia Corporation, Stanford Research Institute, Walsh Construction, the Bechtel Corporation, the Colorado School of Mines e assim por diante. Bechtel (Beck-tul) é um elo principal na rede da Fraternidade dos répteis. Existem pelo menos sete níveis subterrâneos em Dulce, provavelmente mais, e Bishop compilou registros de trabalhadores lá que descreveram o que eles viram. Seus registros espelham as descrições dos Anunnaki nos textos Sumerianos conforme eles acasalavam espécies para produzir híbridos hediondos de muitos tipos. Isto é o que os trabalhadores disseram a respeito de Dulce:
“Nível número seis é confidencialmente chamado de “Sala do Pesadelo”, ele comporta os Laboratórios Genéticos. Relatos dos trabalhadores que viram experimentos bizarros, são como se: „Eu vi “humanos” com múltiplas pernas que se parecem metade humano/metade polvo. Também humanos-reptilianos e criaturas peludas que têm mãos similares à humanas e choram como um bebê, imitam palavras humanas... também uma imensa mistura de humanos-lagartos em gaiolas.‟ Existem peixes, focas, pássaros e ratos que dificilmente podem ser considerados destas espécies. Existem diversas gaiolas (e tanques) com humanóides alados, criaturas similares à morcegos grotescas... mas de 1 a 2,10 metros de altura. Seres similares à Gárgulas e à Draco-reptóides. “Nível número sete é pior, fileira após fileira de milhares de humanos e mesclas humanas em depósitos resfriados. Aqui, também, estão tanques depósitos de embriões de humanóides em vários estágios de desenvolvimento. Um trabalhador disse: „...Eu frequentemente encontrei humanos em gaiolas, usualmente atordoados ou drogados, mas algumas vezes eles choravam e clamavam por ajuda. Diziam-nos que eles eram irremediavelmente loucos, e estavam envolvidos em testes com drogas de alto risco para curar a loucura. Diziam-nos para nunca tentar falar com eles de maneira alguma. No início nós acreditamos naquela estória. Finalmente em 1978, um pequeno grupo de trabalhadores descobriu a verdade.”‟
Esta descoberta aparentemente levou às „Guerras de Dulce‟, uma batalha entre os humanos e os extraterrestres em 1979 quando muitos da equipe de cientistas e militares foram mortos. Phil Schneider alegava ter tomado parte em um tiroteio com os alienígenas em Dulce no qual ele foi atingido por um laser que perfurou seu peito. Certamente ele tinha uma fantástica cicatriz na parte de baixo de seu peito, como ele revelou publicamente. A base foi fechada por um tempo como um resultado deste conflito, mas posteriormente reabriu. Uma outra base subterrânea reptiliana encontra-se sob Boynton Canyon em Sedona, Arizona. Acredita-se que o centro da base está no, apropriadamente denominado, Secret Canyon (Canyon Secreto). Bases similares e cidades subterrâneas existem por todo mundo e elas são conectadas por túneis com ‛trens tubulares‟ incrivelmente rápidos. Os túneis são construídos muito rapidamente por tecnologias como a Subterrene, uma máquina com energia nuclear que derrete a rocha e formata-a em paredes para o túnel. Ela foi desenvolvida em Los Alamos. É significativo que testes nucleares subterrâneos foram realizados em Nevada e no Novo México, o local de muitas estruturas subterrâneas profundas que têm sido conectadas aos reptilianos. Foram estes „testes‟ localizados aí para abrir enormes cavernas subterrâneas? Um outro tema que eu coletei de muitos contatos é que os reptilianos podem se alimentar de energia nuclear.
Como eles se parecem.

Fazendo um sumário de toda a pesquisa que eu já li, as pessoas que eu encontrei, e os relatos daqueles que alegam ter tido alguma experiência com estes humanóides répteis ou reptilianos, o que se segue parece ser a conjuntura. Existem muitas sub-raças e raças cruzadas de reptilianos. Sua elite é conhecida pelos pesquisadores de OVNIS como os Draco. Estes são os „grandões‟ em todos os sentidos e eles têm entre 2,10 e 3,65 metros de altura. Eles têm asas que são saliências de pele suportadas por costelas prolongadas. (43) As asas podem ser retraídas contra o corpo e elas são a origem do termo “serpente alada”. Elas são também a origem do termo „anjos caídos‟ e as gárgulas aladas são simbólicas deste Draco. A capa usada pelo Conde Drácula é simbólica destas asas e o personagem de Drácula nas estórias de Bram Stoker é relatado como sendo um anjo caído. Os Dracos alados são também conhecidos como a Raça Dragão e alguns dos antigos deuses eram descritos e retratados como homens pássaros. Isto poderia ser uma das origens da Fênix e da águia no simbolismo da Fraternidade, assim como os significados mais esotéricos. O Satã bíblico é retratado como um reptiliano também.
Algumas das hierarquias reptilianas Dracos são aparentemente brancas ou albinas brancas e não o verde ou marrom habitual, e isto se relaciona com a descrição do estranho humanóide-lagarto ‛albino‟ no prédio em Aurora, próximo a Denver. Os Dracos são a „realeza‟ dos reptilianos e a casta superior são os brancos albinos, que aparentemente têm chifres cônicos entre a sobrancelha e o topo do crânio. Isto impressionou-me muito, pois os antigos ‛deuses‟ e realezas eram retratados usando um adorno de cabeça com chifres, simbólico destes reptilianos ‛reais‟, eu tenho certeza. Outras espécies, como a classe dos soldados e dos cientistas, são conhecidos como Reptóides. Eles não têm asas, mas todos eles são de sangue frio. (44) Suas escamas são muito maiores nas costas e eles têm três dedos com um dedão opondo-se aos outros dois. Eles têm três dedos no pé com um quarto no lado de seu tornozelo e suas garras são curtas e grossas. Eles têm olhos grandes, similares aos dos gatos que tem uma cor vermelha intensa e uma boca que se parece com um corte. Alguns têm olhos que são descritos como negros e outros são brancos com pupilas verticais com cor flamejante. De novo foi assim que a senhora os descreveu no caso de Aurora. Os reptilianos têm 1,52 a 3,65 metros de altura e eles são os ‛gigantes‟ descritos tão amplamente nas lendas e registros antigos. Alguns têm caudas, outros não. Um de seus outros planetas de influência, há tempos atrás é considerado como sendo Marte e assim como foram as linhagens répteis entre os marcianos brancos mesmo antes de eles virem para cá? Zecharia Sitchin também especula que os Anunnaki foram a Marte antes de vir para à Terra. Isto certamente ajustar-se-ia ao caso e poderia bem ser que os marcianos na tese de Brian Desborough e os Anunnaki tivessem há muito tempo ligados geneticamente.
Uma alta sacerdotisa da hierarquia que rompeu com o domínio deles, pelo menos à época que eu conversei com ela, diz que os reptilianos Anunnaki invadiram Marte há muito tempo atrás e a raça branca de marcianos eventualmente deixou aquele planeta vindo para à Terra. Os Anunnaki de Marte os seguiram, ela disse, embora eu não tenha dúvida que alguns estão lá agora em bases subterrâneas. Todas as vezes que uma das sondas de Marte da NASA fica em risco de deixar o público ver algo que eles não deveriam, o link misteriosamente cai, ou a sonda desaparece totalmente. Não resta dúvidas que a raça branca, seja qual for sua origem, tem sido o principal veículo do programa de linhagens dos Anunnaki para o domínio do Planeta Terra. Os pesquisadores acreditam que os reptilianos são os controladores dos assim chamados cinzentos, a imagem extraterrestre clássica dos tempos modernos com seus grandes olhos negros. Os cinzentos se destacam na maioria dos relatos de abduções. Jason Bishop III nos seus escritos sobre este assunto diz que a hierarquia de controle é: Draco (reptiliano alado); Draco (não-alado); Cinzentos; Humanos. Parece haver também uma ‛aliança‟ reptiliana com alguns outros grupos reptilianos.
É sugerido que o sacrifício humano para os „deuses‟ no mundo antigo, particularmente de crianças, era para o benefício dos reptilianos que demandavam estes rituais (uma característica da personalidade do cérebro réptil é do ritualismo). Eu tenho certeza que isto é verdadeiro e isto será extremamente relevante na parte final deste livro. No momento da morte por sacrifício uma forma de adrenalina aumenta através do corpo e acumula-se na base do cérebro e é, aparentemente mais potente em crianças. (45) Isto é o que os reptilianos e suas linhagens querem, diz-se, e eles certamente alimentam-se de carne e sangue humano. Estes sacrifícios humanos eram literalmente para os deuses, os reptilianos Anunnaki, e eles continuam hoje em dia. O tema comum de toda pesquisa sobre os reptilianos é que eles são sem emoções e sem sentimentos e, no nível da quarta dimensão, eles se alimentam da energia de emoções humanas de baixa vibração como medo, culpa e agressão. Quando nós emitimos tais emoções a energia não pode ser vista neste mundo, porque ela ressoa na freqüência da mais baixa quarta dimensão e aí ela é absorvida pelos reptilianos. Quanto mais destas emoções forem estimuladas, mais energia os reptilianos tem com que trabalhar. Daí nós temos o encorajamento das guerras, genocídio humano, a matança em massa de animais, perversões sexuais que criam energia negativa altamente carregada, e ritual de magia negra e sacrifício que acontecem em uma escala que abalará aqueles que não estudou o assunto.
Filhos dos deuses
O programa de acasalamento reptiliano parece ter produzindo um híbrido humano-Anunnaki (Adão?) por volta de 200.000-300.000 anos atrás. Eu tenho certeza que outras raças extraterrestres também acasalaram-se com a humanidade para produzir a gloriosa variedade de povos da Terra, mas eu estou focando aqui o grupo reptiliano por causa de seu desejo de controlar e manipular os assuntos humanos. Claramente, quanto mais longe você retrocede, mais sombria a estória
fica, mas existem suficientes evidências de apoio e referências cruzadas para apresentar os temas do que aconteceu. Quanto mais eu olho para isto, mais se torna claro para mim que o que os reptilianos fizeram em Marte eles têm feito aqui. Eles infiltraram-se na população nativa através de acasalamento e tomaram o controle do lugar. Parece para mim que já existiam linhagens arianas-reptilianas entre os marcianos quando eles vieram para a Terra. Uma das localidades principais para os Anunnaki e para os marcianos ou arianos, particularmente durante e depois do cataclismo de Vênus por volta de 4.800 a.C., foram as montanhas da Turquia, Irã e Curdistão, e foi daqui que eles e seus híbridos ressurgiram quando as águas recuaram. Foram eles que criaram as civilizações avançadas ‛instantâneas‟ das planícies da Suméria, Egito, Babilônia e do Vale do Indo. Um centro particular para os reptilianos Anunnaki parecia ter sido as Montanhas Cáucaso e esta é uma área que aparecerá muitas vezes nesta estória. Eu sinto que havia um programa grande de acasalamento nesta região, provavelmente subterrâneo, que produziu um número muito grande de linhagens híbridas humanas-répteis. Uma área de pesquisa que é altamente relevante para esta região é o número de pessoas com Rh negativo ou sangue rhesus negativo. Frequentemente bebês rhesus negativo ficam azuis imediatamente após o nascimento. Esta é a origem do termo „sangue azul‟ para as linhagens reais e outros termos como „true blue-fiel‟. Especula-se que as linhagens „azuis‟ poderiam ser de descendência marciana e da onde quer que as linhagens marcianas provieram antes disto. Muito mais pessoas brancas são Rh negativo do que negras e asiáticas.
Os genes dos Dracos brancos albinos „reais‟ parecem ter sido usados para criar as linhagens híbridas humano-répteis „reais‟ que têm sido usadas para dominar o mundo desde os tempos antigos. Estes eram conhecidos como os semi-deuses para os antigos, aos quais foi dada a tarefa de intermediários, controlando a população e governando o mundo de acordo com a Agenda dos seus mestres répteis. O que é claro é que enquanto os Anunnaki acasalavam-se com muitas raças da Terra, a raça branca tem sido seu principal veículo para dominar o planeta e os Dracos „reais‟ no topo de sua hierarquia são brancos albinos. Significativamente, quando você olha para os relatos antigos, muitas de suas criações híbridas tinham cabelos loiros e olhos azuis. Uma mudança maior pareceu ter acontecido logo após o cataclismo de Vênus porque a cultura Ubaid (4.000-5.000 BC), aonde atualmente fica o Iraque, cultuava deuses que são retratados como humanóides-lagartos, enquanto os Sumerianos (4.000-5.000 BC), que viveram na mesma área, retratava seus deuses como bem humanos. Esta mudança, e o programa de linhagens na região do Cáucaso, estão fundamentalmente ligadas, eu tenho certeza. A elite da linhagem humano-Anunnaki era descrita pelos sumerianos e existem muitos relatos do acasalamento de extraterrestres e humanos, ou „deuses‟ e „pessoas do céu‟ acasalando com a humanidade. Isto é mais admiravelmente mencionado no Gênesis onde se diz que:
“Como os homens tivessem começado a multiplicar-se, e tivessem gerado suas filhas; vendo os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, tomaram por mulheres as que dentre elas escolheram... Ora naquele tempo havia
gigantes sobre a terra. Porque como os filhos de Deus tivessem comércio com as filhas dos homens, pariram estas aqueles possantes homens, que tão famosos são na antiguidade.” Gênesis 6:1-4
De acordo com as traduções de Zecharia Sitchin, a palavra Gigante relaciona-se com “Aqueles Que Desceram”, enquanto que outros dizem que isto significa “os que caíram” ou “aqueles que caíram”. A palavra „famoso-renomado‟ nesta passagem do Gênesis é traduzida da palavra sumeriana shem. Isto é traduzido na Bíblia como se relacionando a „nome‟, como fazer um nome para si mesmo como um homem de renome. Sitchin diz que o verdadeiro significado de shem é „veículo do céu‟. Ele diz que isto provem da raiz, shu-mu, que significa „aquele que é um MU‟, e um MU era uma nave voadora, ele diz. Assim „homens de renome‟ torna-se „homens ou pessoas dos veículos do céu‟. Foram estes que se acasalaram com mulheres humanas. Esta passagem no Gênesis, eu sugeriria, fala sobre o acasalamento entre os extraterrestres ou intraterrestres com os humanos para produzir os híbridos humano-répteis. O termo „filhos de Deus‟ de fato provem do hebreu, bene-ha-elohim, que na realidade se traduz como „filhos dos deuses‟. O primeiro resultado destes encontros genéticos foram os gigantes da lenda e existem muitos relatos de tais híbridos nascendo. Existem numerosos relatos por todo o mundo antigo, em todos os continentes, de uma raça gigante e o Golias bíblico poderia bem ter sido simbólico deste povo. Os nativos americanos têm muitas fábulas do Povo Estelar descendo dos céus para se acasalar com mulheres humanas e Alex Christopher, que é um denominador comum na abdução de humanos pelos reptilianos nos Estados Unidos, parece relacionar-se a linhagem da pessoa, particularmente aquelas que retroagem aos nativos americanos ou antigos índios. Os Hopi, você recordar-se-á, falam que se originaram de dentro da Terra. O texto egípcio, o Kebra Nagast (Nagas foram ‛deuses serpente‟ indianos que mudavam sua aparência), tem milhares de anos de idade, e refere-se ao enorme tamanho dos bebês produzidos das uniões genéticas ou sexuais de humanos com os „deuses‟. Ele relata que: “...as filhas de Caim com quem os anjos (extraterrestres) tinham concebido... eram incapazes de dar à luz as suas crianças, e elas morriam.” Ele descreve como alguns destes bebês gigantes tinham partos por cesariana: “...tendo rasgado os ventres de suas mães eles eram retirados pelos umbigos.” (46) No antigo texto hebreu, o Livro de Noé, e seu derivado, o Livro de Enoque, um estranho parto de uma criança não humana é descrito, esta criança vem a ser Noé famoso pelo Dilúvio. Referências a isto também aparecem nos Manuscritos do Mar Morto, os registros da Comunidade Essênia na Palestina há 2.000 anos atrás que incluía muito material proveniente do Livro de Enoque. A criança estranha que os textos descrevem é o filho de Lamech. É dito que ele é distinto de um ser humano e mais semelhante às „crianças dos anjos do céu‟. A criança de Lamech, Noé, é descrita com de pele branca e cabelos loiros com olhos que faziam a casa por inteiro „brilhar como o Sol‟. Seres com cabelos loiros, olhos azuis e olhos similares a lasers é uma descrição para as pessoas ou ‛deuses‟ misteriosos que abarcam milhares de anos até o dia de hoje e aparecem em culturas por todo mundo. Lamech questiona sua mulher sobre a paternidade da criança:
“Veja bem, eu achei então lá dentro do meu coração que esta concepção era (graças) aos Sentinelas e aos Santos... e aos Gigantes... e meu coração estava perturbado dentro de mim por causa desta criança.” (47) No Shahnemeh ou Livro dos Reis, a legendária história do Irã completada em 1010 d.C. pelo poeta árabe Firdowsi, ele descreve o nascimento de um bebê chamado Zal, o filho de um rei chamado Sam. De novo o rei fica horrorizado pela aparência não terráquea desta criança que tinha um corpo muito grande „tão claro como a prata‟, cabelo tão branco com o de um homem idoso e „similar à neve‟, e um rosto que se comparava ao Sol. Sam chamou seu filho de uma criança demônio, uma criança dos devas – dos Sentinelas. Como os patriarcas do Antigo Testamento, os iranianos pareciam ter uma aversão às crianças nascidas com características extremamente brancas. E quem se diz ser extremamente branca, branca albina? A hierarquia real dos Dracos. Os textos do Shahnemeh diz de Zal: “Nenhum ser humano desta Terra Poderia gerar tal parto monstruoso, Ele deve ser da raça do Demônios, Embora humano ainda na forma e rosto, Se não um Demônio, ele pelo menos, Parece uma variedade de besta.“ (48)
Figura 5 O antigo caduceu, símbolo da moderna profissão médica e simbólico de muitas coisas, incluindo bem possivelmente as espirais gêmeas do DNA ou talvez representando uma freqüência ou comprimento de onda particular.
Zal, posteriormente, casou-se com uma princesa estrangeira chamada Rudabeh, a filha de Mehrab, o rei de Karbul, e uma descendente do rei Serpente Zahhak, que se afirma ter governado o Irã por mil anos. Esta foi umas das
linhagens reptilianas e em conformidade com isso, Rudabeh é descrita como tão alta como uma árvore teca, branca marfim etc, as características familiares dos descendentes dos humanos-Sentinelas. Estas descrições abundam para as linhas reais do Irã e do Oriente Próximo, como abundam as comparações com árvores por causa de suas grandes alturas. Parece de acordo com seus textos que se requeria características físicas Sentinelas-Gigantes para alguém se qualificar a tornar-se rei. Isto, sem dúvida, é a origem do „direito divino dos reis‟, o direito de governar em virtude de sua linhagem de família, um sistema que continuou quando estas linhagens se expandiram para a Europa. Até mesmo o título britânico de Sir, conferido pela Rainha para seus súditos selecionados, provem de uma antiga deusa-rainha (reptiliana) chamada Sir, que se relaciona à deusa Anunnaki, Ninlil ou Ninkharsag, nas tabuinhas sumerianas. Seu marido, Enlil, era chamado a Serpente Esplêndida de olhos brilhantes. Seu irmão, Enki, era também conhecido como uma serpente e seu emblema era duas serpentes enroscadas, o símbolo de seu ‛centro de culto‟ em Eridu, e da moderna profissão médica. O símbolo é conhecido como o caduceu (veja figura 5). Esta informação provem das Tabuinhas Sumerianas como traduzido por Zecharia Sitchin e descrito em seus livros. Portanto, eu achei chocante, Sitchin pessoalmente disse-me, que não existiam evidências de uma raça serpente e aconselhou-me a suspender minha pesquisa em tais assuntos. A idéia que não existem evidências é simplesmente ridícula, então por que Sitchin diria isto para mim? Ele foi inexorável no seu conselho para eu pôr fim nesta linha de pesquisa. Eu absolutamente não tenho dúvida que os Anunnaki e os Sentinelas são a mesma raça reptiliana – as ‛serpentes com os olhos brilhantes‟ identificados por Christian e Barbara O‟Brien no trabalho deles, ‛Genius Of The Few‟. (49)
O autor e pesquisador Andrew Collins, diz que ele tem uma estatueta de cobre cananéia retratando um de seus deuses (ela é de 2.000 a.C. mais ou menos). (50) Tem um pescoço serpentiforme e uma cabeça esculpida como o capuz de uma cobra que se espirala para formar a parte de cima da cabeça semelhante a de uma cobra. (51) Por milhares de anos desde que estas linhagens híbridas humanas-reptilianas reais foram criadas, elas têm se tornado mais integradas à população em geral e menos fisicamente óbvias, mas a estrutura genética básica permanece e a Fraternidade mantém registros genéticos muito detalhados de quem a tem e de quem não a tem. Christian e Barbara O‟Brien dizem em ‛Genius Of The Few‟ que se os Anunnaki tivessem se acasalado com a humanidade há centenas de milhares de anos atrás e, então, acasalassem-se com eles de novo por volta de 30.000 anos atrás, o resultado do segundo acasalamento seria uma estrutura genética que seria 75% Anunnaki e 25% humana. Eu acredito que existiu um outro programa de acasalamento bem mais recente, depois do dilúvio causado por Vênus por volta de 7.000 anos atrás. Estas linhagens posteriores teriam sido ainda mais Anunnaki que as versões anteriores, é claro. Estas são as linhagens reptilianas que governam o mundo de hoje e é esta profusão de genes reptilianos que permite que tais pessoas mudem de aparência para reptilianos e de novo para uma forma aparentemente humana. Estas linhagens também têm a habilidade de produzir um olhar fixo hipnótico extremamente poderoso, assim como uma cobra hipnotizando sua presa,
e esta é a origem do termo „por mau olhado ou olho de seca-pimenteira‟. Tudo isto é a verdadeira razão para a obsessão com sangue (estirpe) e o acasalamento das famílias de „sangue azul‟ e seus descendentes. Esta é razão para que desde os tempos mais primitivos da história conhecida, os herdeiros de sangue azul casassem com suas meias-irmãs e primas, assim como os Anunnaki fizeram de acordo com as Tabuinhas Sumerianas. O gene mais importante nesta sucessão é passado adiante pela linha feminina, assim a escolha da parceira sexual feminina tem sido vital para eles. É altamente significativo que a linhagem do ‛rei serpente‟ devesse se originar do Irã porque é desta região do Irã, Curdistão, Armênia, Turquia e Montanhas Cáucaso, que estas linhagens humano-reptilianas surgiram para dominar o mundo. Uma pessoa de dentro da Fraternidade, um russo, disse que existia um vórtice grande, um portal interdimensional, nas Montanhas Cáucaso, onde os extraterrestres penetraram nesta dimensão. Isto explicaria muita coisa. O nome Irã provem da palavra mais primitiva Airy-ana ou Airan, que significa Terra dos Aryas ou Arianos. (52) Ainda hoje existem duas raças distintas no Curdistão, as pessoas com pele cor de oliva, de altura mediana, com olhos escuros, e as pessoas muito mais altas, com pele mais branca e com freqüência com olhos azuis. Você irá reparar que estas características eram consideradas da „Raça Mestre‟ pelos nazistas e isto era porque os nazistas sabiam a história e a conexão como os reptilianos. Andrew Collins em seu livro ‛From The Ashes Of Angels‘, apresenta enormes evidências que o Jardim do Éden era exatamente nesta região do Irã-Curdistão e, é claro, o tema da serpente está no centro da estória. Na idade Média, os reis eram conhecidos pelos iranianos como Mâr que quer dizer cobra em persa. (53) Mars (Marte) = cobra? Eles eram denominados a „dinastia do dragão da idade Média‟, ou os „descendentes do dragão‟ (54). Eu não tenho dúvida que os Dracos reptilianos acasalaram-se com humanos para produzir linhagens dentro da raça branca e, de fato, existem muitas pessoas ao redor do mundo que alegam ter se acasalado com reptilianos. Pelo ano 2.200 a.C. a Corte Real do Dragão tinha sido criada no Egito pelos sacerdotes de Mendes e ela tem continuidade até hoje, 4.000 anos depois, como a Corte Imperial e Real da Soberania do Dragão, agora com sede na Britânia. Algumas pessoas chamam isto a Fraternidade da Serpente. Os reis primitivos da Suméria, Egito e posteriormente Israel, eram ungidos em suas coroações com a „gordura do Dragão‟ que era a gordura do crocodilo sagrado. O croc era conhecido no Egito como um messeh e disto provêm o termo hebreu „Messiah-Messias‟ que significa O Ungido. Os reis da sucessão eram também conhecidos como „Dragões‟ e todo este simbolismo relaciona-se com o conhecimento que estas famílias reais eram as linhagens dos acasalamentos dos humanos-répteis. Quando muitos reinos se juntavam em batalha, eles indicavam um rei dos reis e ele era conhecido como o Grande Dragão ou... Draco. O famoso título celta, Pendragon (pen-dragão), é uma versão disto.
Figura 16 A Última Ceia de Leonardo da Vinci. Olhe como ele simboliza Jesus como o Sol e quebra os doze discípulos em quatro grupos de três – os signos do zodíaco. É uma versão em pintura do círculo solar e a cruz que nós vimos anteriormente.
Kingship (Monarquia) na verdade origina-se da palavra kin (consangüíneo) ou parente de sangue e kin-ship tornou-se kingship. Apenas para acentuar o ponto sobre as linhagens reptilianas aqui, o nome que os egípcios deram a seu sagrado messeh ou crocodilo, era... Draco. Isto também tornou-se um símbolo dos Therapeutate Egípcios e sua filial em Israel denominada Essênios, e ele era representado como uma serpente marinha ou Bistea Neptunis pelos Merovíngios „reais‟ e seus descendentes na França, da mesma tribo, todos eles. Se você olhar a seção de imagens verá uma antiga retratação egípcia de um ‛deus‟ na parede do templo em Saqquara – é uma figura não humana com o que parece ser asas.
Seres de cabelos loiros, olhos azuis, com olhos similares a lasers ainda são relatados. Uma amiga americana contou-me sobre uma experiência que o pai dela teve no começo dos anos 70. Eles viviam na Turquia na época onde ele trabalhava em um posto de escuta para a Inteligência Militar Americana. Ele chegou em casa uma noite em um estado lastimável. Quando perguntado sobre o que estava errado, ele simplesmente murmurou: “O mundo não é como nós pensamos que ele seja”. Embora ele raramente bebesse, ele pediu um whisky, e então outro. Conforme ia relaxando ele contou à sua filha de uma transmissão que ele tinha captado naquele dia do piloto de um avião que estava estacionado numa base turca. O piloto relatou que ele estava voando próximo ao Pólo Norte quando de repente seus motores pararam e todos os sistemas elétricos desligaram. O avião então, suavemente, foi baixado verticalmente para o chão e para sua descrença um topo de montanha abriu-se e o avião pousou ali dentro. O que ele viu foi uma cena de algum filme de James Bond. Ele saiu do avião querendo saber que diabos estava acontecendo e ele foi recebido por pessoas altas, loiras, com pele cor ‛perolada‟ e olhos ‛violeta azulados‟ que pareciam eletricamente carregados de alguma maneira: olhos semelhantes a laser. Todos eles usavam roupões compridos e brancos e, talvez, significativamente, era assim que o ‛deus‟ sul-centro americano conhecido como Quetzalcoatl era descrito. Eles também usavam um medalhão da Cruz de Malta em uma corrente. A memória do piloto ficou nebulosa quanto ao que aconteceu depois que ele primeiramente se reuniu ao „do grupo de olhos azuis‟, mas ele se recordava
caminhando na direção de um quarto e vendo um grupo destes seres sentando ao redor de uma mesa de conferências. Eventualmente, ele foi levado de volta ao seu avião e quando ele ascendeu da montanha seus motores e eletrônicos religaram-se. Agora que você acabou de escutar as descrições destes seres por um moderno piloto dos Estados Unidos, observe como o Livro de Enoque descreve os Sentinelas:
“E lá apareceu para mim dois homens muito altos, tal como eu nunca tinha visto na Terra. E seus rostos brilhavam como o sol, e seus olhos eram como lâmpadas queimando... Suas mãos eram mais claras que a neve.” (55)
Isto também conectar-se-ia com a descrição dos „deuses‟ como os „reluzentes‟. Existe certamente muito mais coisas em nossa história do que nos foi contado e muito mais acontecendo neste planeta atualmente, que a maioria das pessoas poderia mesmo começar a acreditar. Muitas raças extraterrestres, não somente reptilianos, operam em volta e dentro da Terra nesta ou em dimensões mais elevadas. Seres de Órion e das Plêiades estão entre as muitas outras raças relatadas por abduzidos e pesquisadores a estarem interagindo com humanos. Do que eu escuto dos de dentro da Fraternidade que têm visto alguns destes extraterrestres, os orionitas (uma raça cruel mas bonita de acordo com meus contatos) têm algum tipo de aliança com os reptilianos. Eu tenho certeza que os anjos bíblicos eram os Sentinelas, os reptilianos, alados e de outras maneiras. O mesmo termo „filhos dos deuses‟ é traduzido na Bíblia dos Setenta, a versão grega do Velho Testamento, como angelos – anjos. Da minha pesquisa parece que existe diferentes facções reptilianas: aqueles que são mais positivos em sua atitude para com a humanidade e aqueles que desejam dominar e controlar. Os dois tornaram-se conhecidos como Sentinelas ou anjos, os últimos como anjos caídos. Poderia bem ser que as lendas de São Miguel arremessando o dragão na Terra para a batalha final e São Miguel derrotando o dragão, relacione-se ao conflito de longa data entre os genuínos marcianos brancos e os reptilianos Anunnaki. São Miguel e São Jorge são antigos heróis fenícios da mesma região do mundo onde os Anunnaki fomentaram seu programa de acasalamentos e, por muito tempo, operaram abertamente como reptilianos. No último livro da Bíblia, o Apocalipse, nós vemos a clara conexão entre o ser conhecido como Satã e a serpente ou réptil:
“E foi precipitado aquele grande dragão, aquela antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que seduz a todo o mundo; sim, foi precipitado na terra, e precipitados com ele os seus anjos.” (56)
“...E ele tomou o dragão, a serpente antiga, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos, e meteu-o no abismo, e fechou-o, e pôs selos sobre ele para que não engane mais as pessoas.” (57)
Em um fragmento dos Manuscritos do Mar Morto, traduzido pelo erudito hebreu Robert Eisenman, existe uma descrição de um sentinela chamado Belial (Bel?), que é descrito como o Príncipe das Trevas e o Rei do Mal. É dito que ele é aterrorizante em sua aparência – como uma serpente com um rosto semelhante a uma víbora. Um dos principais grupos angélicos de conhecimento dos hebreus é os Serafins ou „serpentes flamejantes‟ e os Sentinelas estão muito conectados com a descrição de serpentes. Na doutrina persa eles também falam sobre seres que eles
descrevem como ‛a velha serpente tendo dois pés‟, justamente como o Livro de Enoque representa serpentes andantes. Quando você considera que é dito que a liderança real Draco tem até 3,65 m de altura e com pele branca, de fato branco albina, ‛mais branca que neve‟, isso de novo relaciona-se com a pele muito branca dos bebês gigantes híbridos humano-sentinelas descritos no Livro de Enoque e em outros lugares. E, eu devo acentuar que, o nascimento da criança sentinela-humana no Livro de Enoque é aquele de Noé. Se é desta maneira, Noé é, de fato, um híbrido humano-réptil e muitos povos buscam alegar descendência de Noé – descendência dos sentinelas reptilianos e Anunnaki. No mito hebreu, os Gigantes são descritos como awwim que significa devastadores ou serpentes. Nos Manuscritos do Mar Morto, Noé é descrito como “as crianças dos anjos (caídos) do céu” de cuja “concepção foi (graças) aos Sentinelas... e aos Gigantes”. No conhecimento judeu, Eva é vista como a mãe ancestral dos Gigantes, associada com as palavras hebraicas que significam vida e cobra. Eva foi, é claro, tentada pela serpente de acordo com o mito do Velho Testamento e outras fontes. No Capítulo 69 do Livro de Enoque encontramos que entre os Sentinelas que revelaram os segredos para os humanos estava Gadreel, o anjo caído foi identificado com o tentador de Eva. O Livro de Enoque foi banido pela Igreja Romana que buscou renegar a crença mais primitiva cristã na existência de anjos de carne e osso; anjos caídos ocupando corpos físicos e acasalando-se com humanos. Isto aconteceu para deter o conhecimento das massas da verdadeira situação. Mas os maçons, que controlam a Igreja Católica Romana, atualmente, juntos com outros ramos da Fraternidade, têm sempre considerado Enoque como um de seus fundadores lendários. O próprio nome Enoque significa „iniciado‟.
O tema dos anjos caídos dando segredos proibidos para a humanidade pode ser encontrado no Livro de Enoque e outros trabalhos. Entre estes contadores de segredos está Azazel, que ensinou a arte de fazer metal, e Shemyaza, que ensinou as artes mágicas. Estas estórias geraram muitos heróis posteriormente baseados neste tema, o mais famoso dos quais é o deu grego Prometeu, diz-se que teria roubado fogo (conhecimento) dos deuses e dado aos humanos (humanos selecionados). Uma estátua de ouro de Prometeu encontra-se no Rockefeller Center em Nova Iorque. Os Rockefellers são reptilianos de sangue puro e, portanto, estão plenamente cientes do verdadeiro significado e antecedentes da lenda de Prometeu. Incidentalmente, o Sentinela chamando Azazel é a origem da cabeça de bode nos rituais satânicos e do termo „bode expiatório‟. De acordo com o Levítico, os israelitas sacrificariam dois bodes no Yom Kippur, o Dia da Reparação. Um era oferecido para Deus e o outro para Azazel. O sacerdote colocava as duas mãos sobre a cabeça do bode de Azazel e confessava os pecados do povo. O bode então era levado para o sertão e arremessado em um precipício, simbolizando o anjo caído Azazel, que era visto como amarrado e acorrentado no sertão – o ‛abismo‟ na linguagem do Apocalipse –que eu acho que é o aprisionamento no mais baixo nível da quarta dimensão. Disto provem o antigo tema do bode expiatório que se manifestou em um modelo como a estória simbólica de „Jesus‟. A cabeça de bode de Azazel, um reptiliano-anjo caído, é simbolizado pelo pentagrama invertido do Satanismo.
Nós podemos debater os detalhes e deveríamos, porque existe uma vasta quantidade de informações ainda a serem reveladas. Eu mesmo tenho uma série incontável de questões. Mas existem alguns temas emergentes: raças extraterrestres visitam a Terra com intenções variadas, por provavelmente milhões de anos e seus acasalamentos têm criado as muitas correntes raciais. No passado distante existiram civilizações altamente avançadas tecnologicamente – uma Era Dourada como os antigos chamavam-na. Por volta de 450.000 anos atrás os Anunnaki chegaram, uma raça reptiliana liderada pelos Dracos brancos, albinos, alados, e eles procuraram dominar o planeta. É provável que eles tivessem por esta época também se estabelecido e ocupado Marte. Por muito tempo os Anunnaki viveram abertamente como reptilianos, mas por qualquer que seja a razão, possivelmente hostilidade de outras raças extraterrestres e da humanidade, eles literalmente tornaram-se secretos. Eles planejaram seqüestrar (roubar) o planeta parecendo serem humanos. Isto incluía o programa de acasalamento que criou as linhagens híbridas reptilianas-humanas através da qual eles pudessem operar desde o nível mais baixo da quarta dimensão. Os reptilianos da quarta dimensão usam seus corpos humanos como um sobretudo genético e quando um corpo morre o mesmo reptiliano „troca de casa‟ para um outro corpo e continua a Agenda para uma outra geração. Você poderia pensar nisto como usar e descartar trajes espaciais. Estas são as criaturas que os médiuns vêem como reptilianos dentro de corpos humanos físicos. Parece que eles precisam ocupar uma corrente genética muito dominada por reptilianos para fazer isto, daí certas linhagens sempre acabarem nos postos de poder. Outras linhagens menos puras de reptilianos-humanos são aqueles corpos que são possuídos por uma consciência da quarta dimensão e estas são as pessoas que os médiuns vêem como essencialmente humanas, mas „eclipsadas‟ por um reptiliano. O acasalamento para impregnar genética reptiliana nestas linhagens faz esta possessão bem mais fácil do que com aqueles com menos genes reptilianos. Isto é porque a Fraternidade mantém registros tão detalhados das linhagens genéticas. Eles assim sabem que pessoas podem ser possuídas mais facilmente do que outras. Os reptilianos buscam, contudo, influenciar todo mundo estimulando o padrão de comportamento da região réptil do cérebro– pensamento hierárquico, agressão, conflito, divisão, falta de compaixão e uma necessidade por rituais. Por rituais eu não quero dizer somente se paramentar para uma cerimônia satânica. Existem muitos exemplos da obsessão humana por rituais, incluindo fazer as mesmas coisas no mesmo horário, dia após dia, semana após semana. Os reptilianos têm usado a raça humana como sua principal rota para o controle global, mas eles acasalam-se com todas as raças incluindo os chineses, japoneses, árabes e aqueles conhecidos como judeus. Tudo isto permite aos reptilianos controlar aparentemente pessoas e organizações sem conexão. É a versão extraterrestre de membros da mesma sociedade secreta trabalhando em muitos lugares de influência, enquanto o resto da população não tem idéia que eles estão conectados. Você pode observar uma série de seres humanos aparentemente diferentes em diferentes posições de poder que chegam às mesmas conclusões e acordam com as mesmas políticas. Isto pareceria ser uma política nascida da democracia e do debate aberto. Mas e se a mesma força está controlando todos
eles? Isto então seria uma ditadura, mas, ao menos que você soubesse a verdadeira situação, como você poderia deduzir isto? Isto é o que está acontecendo com os reptilianos trabalhando através de corpos humanos e com a rede de sociedades secretas que estas linhagens criaram ou se infiltraram.
O Livro de Enoque diz que aqueles nascidos de sangue dos Gigantes (os híbridos humanos-répteis) são, por causa de seu espírito ancestral, destinados a “afligir, oprimir, destruir, atacar, lutar e trabalhar a destruição sobre a Terra” (58) Em outras palavras, aqueles corpos poderiam ser possuídos por seu „espírito ancestral‟ – os reptilianos do mais baixo nível da quarta dimensão. Nos Estados Unidos existe uma organização chamada os Filhos de Jared, nomeados em referência ao pai de Enoque. Eles juram uma „guerra implacável‟ contra os descendentes dos Sentinelas que “como famigerados faraós, reis e ditadores, têm através da história dominado a humanidade”. Na sua publicação, o Jaredite Advocate, eles condenam os Sentinelas como “super-gangsters, uma Máfia celestial governando o mundo”. (59) Muitas pessoas perguntam-me como a Elite da Fraternidade atual pode causar tanta morte, destruição e sofrimento, sem mostrar nenhuma emoção. Pelo menos algumas das correntes genéticas répteis não parecem sentir emoções como os humanos e eles parecem ser muito mais cruéis, também. Eu acabei de descrever George Bush, Henry Kissinger, David Rockefeller e assim por diante, e isto não é surpreendente porque eles são exemplos da raça réptil trabalhando na esfera humana.
O que eu realço neste capítulo surpreenderá até mesmo àqueles que apóiam e acompanham o meu trabalho por esses anos, e eu compreendo isto. Mas eu aprendi através de experiências chocantes, algumas vezes extremas, a seguir o fluxo da vida e ir aonde ela me leva. Quando eu sinto o ritmo da vida, eu danço. Quando eu escuto ela falar comigo, eu escuto. Eu vou aonde a música me leva, não importa o quão incrível possa ser ou que conseqüências isso pode ter para a minha vida. Para aqueles que não experimentaram isto ainda, ficarão espantados como a vida de repente transforma-se em uma aventura, do conhecimento que podemos acessar, dominar e entender, quando seguimos com o fluxo e paramos de travar guerra com ela por medo de sermos diferentes. Para a maioria das pessoas frequentemente a cabeça atrapalha porque elas temem sair do convencional. Eles temem o que outras pessoas pensarão e dirão a respeito deles. Mas como podemos expor o impensável a menos que pensemos o impensável? Nós estamos dizendo que nós sabemos tudo? Não há nada restante a saber? É claro que há. Sabemos somente uma fração de tudo isto. E qual tem sido a força que nos trouxe para nosso corrente estágio de conhecimento? Aqueles que tiveram coragem de pensar e transmitir o impensável. Sem tais pessoas a raça humana não pode evoluir; ela apenas corre sobre o mesmo lugar, vivendo dentro de uma prisão perpétua da mente. O que que eles disseram? Humanos voarão? Ridículo! Que nós podemos viajar além da velocidade do som? Loucura! Que nós podemos criar bebês em provetas e clonar espécies humanas e animais? Zombaria! Mesmo assim, tudo isto e mais tem sido feito por aqueles que pensaram o impensável enquanto as massas ridicularizava. Experimente antes que você esqueça como fazer isto. Pense além das fronteiras do que lhe disseram que é
a realidade.
Recusar-se a fazer isso é a cela de prisão definitiva, a estagnação mental e emocional definitiva – o controle definitivo. De fato esta é a maneira que nós somos controlados desde que todo este esquema começou.

LINK PARA DOWNLOAD DO LIVRO--> AQUI

2 comentários:

  1. Já li tudo sobre isso extraterrestres,satanismo,teoria da conspiração,ilumina-te,etc..,e tudo de fato tem uma ligação.porém como já disse em outras postagens,ninguém pode dizer que a bíblia não falava disso. O importante é você se decidir de que lado você vai ficar se de cristo que com sua boca ou seja vai produzir o som que vai destruir o iniquio e o inferno,diabo,e seus anjos e todo aquele que não for achado no livro da vida. Aceite jesus enquanto há tempo porque o fim vem.marcos Franklin Ananindeua.pa

    ResponderExcluir
  2. Conhecêreis a verdade e a verdade vos libertará.

    ResponderExcluir

Temas

2012 3ª Guerra Mundial A Biblia Kolbrin A flor da Vida A Máfia Médica ABDUÇÃO Abydos AEROPORTO DE DENVER AGUA Akakor a Cidade Perdida da Amazônia Albert Einstein Albert Pike Alex Collier ALIENÍGENAS DO PASSADO Aliens ALIMENTAÇÃO ALQUIMIA Andromedanos Aneis de Saturno Annunakis Anunnakis Arca da Aliança Arcontes Area 51 ARIANOS ARQUETIPOS ARQUIVO LACERTA Ashtar Sheran ASSUNTOS MUITO IMPORTANTES Atlântida AUDIO Ayahuasca BABILONIA Bancos BASE AÉREA DE MINOT Base de Dulce New Mexico BASES SUBMARINAS. OSNIS BASES SUBTERRÂNEAS BATALHA DE LOS ANGELES bíblia manipulada Biblias Manuscritos BIBLIOTECA DAS PLEYADES TRADUÇÕES BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA BIOCENTRISMO Bob Dean bob Lazar BOMBA ATÔMICA BORISKA BRUXARIA CAMUfLAGEM CAPADÓCIA - TURQUIA Capitalismo Carl Sagan CARLOS CASTANEDA Caso Barney e Bete Hill Castañeda CAVALEIROS TEMPLÁRIOS CHACKRA CARDÍACO CHACKRAS CHEMTRAILS China CIA Ciência Espiritual Civilizações antigas CODEX ALIMENTARIUS COMIDA SINTÉTICA Comissão Trilateral Como Manipular a massa Conde Dracula CONSCIÊNCIA CONSPIRAÇÃO DE ÓRION Contato com os Discos Voadores CONTROLE DA MENTE Corporações CRÂNIOS DE CRISTAL Crise CRISE HIDRICA Cristianismo mentiroso CROP CIRCLE Cuba DAVID ICKE DEMIURGO Depoimentos de ex militares DESERTO DE GOBI Deserto do Atacama DINO KRASPEDON PERIGO ATOMICO DÍVIDA PÚBLICA DMT DNA Documentarios Dom Juan Matus Don Juan EDGAR CAYCE Elenin Elites globais ENERGIA ELETROMAGNETICA Enki/Enlil EQM EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA Expêriencia filadelfia FastWalkers Filme Física Quântica fluoreto FOO FIGHTERS GAZA GENÉTICA GEOENGENHARIA GEOENGENHARIA SINTÉTICA GIGANTES GIORDANO BRUNO Glândula Pineal GMO Gnose Golfo do Aden Yemen Governo oculto Guerra HAARP HIPNOSE EM MASSA História Oculta Do 3° Reich Hitler Holocausto HOLOGRAFIA Homens de Preto HOPIS HUMANOS SINTETICOS IA INTELIGENCIA ARTIFICIAL II Guerra Mundial a VERDADEIRA HISTORIA III Guerra Mundial ILHA DE PASCOA ILLUMINTAIS ILUMINTAIS IMAGENS QUE MARCARAM INCONSCIENTE COLETIVO INDIGOS E CRISTAIS INTRATERRENOS Israelense e Palestinos jack carter Jeová louco JFK JIM MARS Jim Sparks John Lash JUNG Karl Marx KARMA KARRAN KGB KLAUS DONA KUNDALINI LEI DA GRAVIDADE LEMURIA LISTA COM OS LINKS. Livros Lua Maçonaria MAGIA Manuscrito do Mar Morto Manuscrito Voynich MAPA DE PIRI REIS Marxismo Mascaras de Chumbo Matrix - O Universo Holográfico Mc Donalds MEDICINA MEDITAÇÃO Mensagens MIB MIDIA MIMETISMO MISSÃO ANGLO SAXONICA Mistérios MJ 12 MONSANTO MONTAUK PROJECT MULTIDIMENSIONAL MUNDOS INTERNOS E EXTERNOS Músicas NANOTECNOLOGIA Nefilins NHC Nibiru Nicolas Flamel NIKOLA TESLA NOM NOVA ORDEM MUNDIAL NWO O ARQUIVO ÔMEGA O MAIOR SEGREDO livro O Priorado de Sião O SONHO AMERICANO Operação Clipe de Papel OPERAÇÃO MAJESTIC OPERAÇÃO PRATO OS GOVERNANTES INVISÍVEIS PAGANISMO IGREJA CATÓLICA PALESTINOS PALESTRAS Paper Clip Operation PARASITAS PEDRA FILOSOFAL PEDRAS DA GEÓRGIA Phil Shenneider PIRAMIDES PIRAMIDES AMAZÔNIA PIRAMIDES CHINESAS PIRAMIDES do EGITO PIRAMIDES SUBMERSAS NO JAPÃO pirataria POLITICA Portais Dimensionais PORTAL ORGÂNICO POVOS ANTIGOS Presidentes americanos maçons PROFECIAS PROFECIAS MAIAS Project Camelot Projeto Camelot PROJETO DUGA PSICOPATIA PSIQUIATRIA RAÇAS EXTRATERRESTRES Realidade Coletiva Rei Salomão RELATOS Religião REPTILIANOS RESETANDO BRAIN RESSONÂNCIA SHUMANN RODA DE SAMSARA Santo Graal Sergio Russo SHAMBALLA Shappershifter SIMBOLOS Sincronicidade Sionismo Sirianos B SKULL AND BONES Sociedades Secretas Stargates STONEHENGE Suastica TAOS HUM Terra oca TERRAÇO DE BAALBEK Textos Pri THRIVE - PROSPERAR Time Travel TORRES GWENN TRANS-HUMANISMO Tratado de Greata 1954 TV TV GLOBO HISTÓRIA SECRETA Ufos UNIVERSOS PARALELOS Vacinas VAMPIROS VEGETARIANISMO venenos Viagem no Tempo wikileaks Wingmakers Word Trade Center XAMANISMO Zecharia Sitchin ZEITGEIST Zumbi